Publicado em: 01/09/2014

Os vinhos do Loire

 

 

O Vale do Loire é conhecido mundialmente por produzir grandes vinhos brancos e rosés. Os tintos também são produzidos, mas os brancos realmente ficam em evidência.

A produção dos grandes vinhos brancos fica concentrada em algumas cidades do Vale.No leste, as cidades de Sancerre e Pouilly-sur-Loire são as grandes responsáveis pelo sucesso vinícola da região, sendo a Sauvignon Blanc a cepa predominante.Na parte central o destaque é para a cidade de Tours, onde a Chenin Blanc,é  responsável pela elaboração dos conhecidos vinhos de Vouvray (que também é o nome de uma cidade da região). No oeste o destaque é para a cidade de Nantes, sendo a principal cepa  a Muscadet, que resulta num vinho de mesmo nome ,mas produzidos por diversos produtores diferentes.

Os vinhos Vouvray são produzidos na região de mesmo nome,  com  a variedade Chenin Blanc, que se não fosse os vinhos de Vouvray, não estaria no time das cepas de qualidade oriundas da França. Os vinhos são extremamente aromáticos (toques florais, algumas vezes também mel), na boca um vinho untuoso (vinho mastigável)

Os vinhos de Sancerre e Pouilly-Fumé também levam o nome de suas cidades (exceto a palavra “Fumé” que vêm de “defumado”), sendo a variedade Sauvignon Blanc, responsável por levar o nome da região aos cinco continentes do mundo. Os aromas são minerais e frutas tropicais, os vinhos têm acidez em evidência . Como todo bom Sauvignon Blanc, você não deve guardá-lo, consuma em até seis anos após a safra (para não perder o frescor e a acidez, vital para esse tipo de vinho).

Dentre os vinhos rosés do Loireo mais famoso e relevante dele é o Rosé d´Anjou, produzido na região de Anjou, a cepa mais utilizada é a Grolleau, em seguida vem: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Malbec. Os vinhos possuem aromas frutados, na boca um toque de cereja, a acidez vai de moderada até alta (em alguns vinhos).

O Vale do Loire é a segunda mais importante região produtora de espumantes da França, ficando atrás apenas da Champagne.

Publicado no jornal Bom Dia de 24/08/20

 

Publicado em: 01/09/2014

Gran Sello Tempranillo 2011

 

 

Bodegas Gran Sello, de La Mancha,  integra o grupo Araex e espanhol Fine Wines, fundada em 1993, que  formam o maior grupo de Produtores Independentes de Espanha e atua como um exportador comum dos 12 produtores estabelecidos em DOs maior do país. Em fevereiro de 2009 Araex recebeu o prêmio de Melhor Actividade de exportação Espanha concedido pela Markets vinho e jornal Distribuição. 
O Ministério da Agricultura também reconheceu o trabalho do grupo com a entrega do Prêmio 2001 de Melhor espanhol Food Company, pelo modo de exportação.

 

Gran Sello Tempranillo 2011

Produtor:  Bodegas Gran Sello, Araex

 País:  Espanha

Região: Castilha-La Mancha 

Uva:  100% Tempranillo, vinhas com 20 anos de idade

Amadurecimento:  em cubas de inox

Teor Alcóolico: 14%  

Cor: rubi de média concentração, halo violáceo e muito brilho

Aroma:  mostra amora, mírtilo, caramelo e especiarias

Sabor: apresenta um bom corpo, com taninos suaves, bem integrados ao frutado e com acidez equilibrado 

Final:  bom final, com o frutado se mostrando, com discreto álcool

Avaliação: 87/100 Pontos 

Preço:  R$ 40,00, no Bekaa Wine Club

Observaçãobom vinho  para quem quer conhecer a principal variedade da Espanha. Tem boa tipicidade e ótima relação preço/qualidade.

 

 

 

Publicado em: 01/09/2014

Casa Silva Colección Syrah 2012

 

 

A Viña Casa Silva nasceu em 1892, quando Emile Bouchon, de Bordeaux, chegou ao Vale de Colchagua com o objetivo de produzir vinho. Plantou vinhedos e construiu uma vinícola, que ainda hoje faz parte da Casa Silva. Até 1997, os descendentes de Bouchon produziram vinhos para outras empresas, sendo que a partir daí, Mario Pablo Silva, da 5ª. Geração de descendentes , começou a elaborar com a marca própria: Casa Silva.A vinícola está situada em Angostura, próximo a San Fernando, e engloba a antiga construção, que foi totalmente remodelada, em termos de equipamentos e instalações para a produção de vinhos. Como curiosidade, nessa região estão vinhedos provenientes de mudas pré-filoxéricas, trazidas em 1912 por Bouchon, da França. São vinhedos de Sauvignon Gris e Sauvignon Blanc que, com certeza, não existem em nenhum outro lugar do mundo. A Viña Casa Silva tem vinhedos ainda em Lolol, Paredones (mais próximo do mar) e Los Lingues (mais continental). Com essa diversidade a Casa Silva procura identificar as melhores parcelas de micro terroir para a produção de seus vinhos. Assim, em Los Lingues são cultivadas Cartmenère, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot; em Lolol a Syrah e Viognier e em Paredones a Sauvignon Blanc.

 

Casa Silva Colección Syrah 2012

Produtor:  Viña Casa Silva

País:  Chile

Região:  Vale do Colchagua

Uva:  100% Syrah

Amadurecimento:  25% do vinho é envelhecido em barris de carvalho francês durante 6 meses.

Teor Alcóolico:  14%

Cor:  rubi intenso, com muito brilho

Aroma:  mostra cereja, amora, framboesa, notas apimentadas e toque floral

Sabor:  apresenta um bom corpo, com taninos vivos e bem integrados ao frutado. Leve adstringência.

Final:  longo, com muita fruta

Avaliação:  87/100 Pontos

Preço:  R$ 36,00, no Bekaa Wine Club

Observaçãoum vinho agradável, gastronômico, com ótimo custo/qualidade

 

Publicado em: 30/08/2014

Penfolds Rawson’s Retreat Chardonnay 2011

 

 

Em 1844 o médico inglês Christopher Rawson Penfold e sua esposa Marry Penfold compraram a Magill Estate em Adelaide, propriedade com 500 hectares.Nasce então a vinícola Penfolds.Inicialmente plantada com a cepa Grenache, seus vinhos eram prescritos como remédio para pacientes com anemia. Hoje, são mais de 2500 hectares de vinhedos próprios espalhados pelas principais regiões vitivinícolas. Graças a esta diversidade de "terroirs" (Clare Valley , Barossa Valley, Magill (Adelaide), Mclaren Valley, Coonawarra)a Penfolds consegue criar cortes únicos.

Penfolds Rawson’s Retreat Chardonnay 2011

Produtor:  Penfolds

País:  Australia

Região:  South East Austrália (Sudeste)

Uva:  100% Chardonnay

Amadurecimento:  8 meses em carvalho

Teor Alcóolico:  12%

Cor:  Amarelo palha com reflexos esverdeados

Aroma:  mostra pêssego, grapefruit, melão, toques florais  e notas de casca de limão siciliano

Sabor:  apresenta corpo médio, limpo, acidez vibrante e ótimo equilíbrio entre fruta e madeira

Final:  longo final com o frutado se mostrando, com toque cítrico

Avaliação:  88/100 Pontos

Preço:  R$  86,00 (R$ 57,00 em promoção), na Bekaa Delicatessen

Observaçãoum típico Chardonnay desse terroir australiano. Muito equilibrado

 

Publicado em: 30/08/2014

Quinta dos Grilos 2009 (375 ml)

 

 

A Quinta dos Grilos encontra-se na pequena aldeia de Tonda e produz vinhos de qualidade desde meados da década de noventa, dispondo de cerca de dois terços de castas tintas e um de castas brancas nobres do Dão, implantadas numa das melhores zonas da região de Tondela.
Os vinhos resultantes desta propriedade distinguem-se pela sua qualidade e contribuem para o reconhecimento de uma sub-região do Dão, a sub-região de Besteiros, com enorme potencial vitivinícola.

 

Quinta dos Grilos 2009 (375 ml)

Produtor:  Quinta dos Grilos 

País:  Portugal

Região:  Tondela, Dão 

Uva:  50% Touriga Nacional, 30% Tinta Roriz e 20% Jaen

Amadurecimento: 6 meses em carvalho francês 

Teor Alcóolico:  13%

Cor:  rubi intenso e brilhante

Aroma:  mostra frutas vermelhas (framboesa, cereja, amora), frutas em compota, leve especiarias e toque floral

Sabor:  apresenta um bom corpo, repetindo as sensações do olfato, em meio a taninos finos e acidez equilibrada.

Final:  bom final, com o frutado se mostrando

Avaliação:  88/100 Pontos

Preço:  R$  36,40 (R$ 21,80 em promoção), na Bekaa Delicatessen

Observação: um vinho com a tipicidade do Dão. Gastronômico e equilibrado.

 

Publicado em: 30/08/2014

Miliasso Barbera D’Asti 2008

 

 

Viticultores há três gerações, os irmãos Luigi, Franca e Giovanni seguem a filosofia familiar na condução da casa Dezzani, localizada em Asti, empreendendo com paixão, tradição, qualidade e inovação. Cultivam 50 hectares e surpreendem com vinhos de excepcional tipicidade e preço.

 

Miliasso Barbera D’Asti 2008

 

Produtor:  Casa Dezzani

País:  Italia

Região:  Asti, Piemonte

Uva100% Barbera

Amadurecimento:  6 meses em tanques de inox

Teor Alcóolico:  13%

Cor:  rubi intenso e luminoso 

Aroma:  mostra cereja, framboesa, amora, toques florais e alcaçuz

Sabor:  apresenta um corpo médio, com taninos macios e bem integrados ao agradável frutado

Final: bom final onde as frutas se mostram nítidas 

Avaliação:  88/100 Pontos

Preço:  R$ 65,00 (R$ 35,80 em promoção), na Bekaa Delicatessen

ObservaçãoUm típico e básico Barbera D’Asti.

 

Publicado em: 30/08/2014

Quinta de Bons-Ventos Tinto 2013

 

 

Quinta de Bons-Ventos Tinto 2013

 

Produtor:  Casa Santos Lima

País:  Portugal

Região:  Lisboa

Uva:  Castelão (Periquita), Camarate, Tinta Miúda e Touriga Nacional

Amadurecimento:   4 meses em meias-pipas de carvalho

Teor Alcóolico: 13% 

Cor: rubi escuro, com muito brilho  

Aroma:  mostra frutas negras, compota, tabaco  e especiarias

Sabor:  apresenta um bom equilíbrio, com taninos macios, bem integrados e uma boa acidez

Final:  Bom final, com frutado e especiarias se mostrando

Avaliação:  88/100 Pontos

Preço:  R$ 44,50 (R$ 25,80 em promoção), na Bekaa Delicatessen

Observaçãoum vinho macio,  equilibrado e, ainda por cima, com excelente custo/qualidade.

 

Publicado em: 30/08/2014

Quinta de Bons-Ventos Branco 2013 (375 ml)

 

A Casa Santos Lima é uma empresa familiar há várias gerações. Foi fundada por Joaquim Santos Lima, que, no final do século XIX, era já um grande produtor e exportador de vinhos. Maria João Santos Lima e José Luís Santos Lima Oliveira da Silva, neta e bisneto do fundador, gerem a empresa desde 1990, tendo procedido à replantação de grande parte das vinhas e modernizado toda a estrutura produtiva. Em 1996 iniciou-se a comercialização dos primeiros vinhos engarrafados – Quinta da Espiga, Quinta das Setencostas, Palha-Canas e alguns varietais, que imediatamente tiveram grande sucesso nos mercados nacional e internacional. A Casa Santos Lima é o maior produtor de “Vinho Regional Lisboa” e “DOC Alenquer” e um dos produtores portugueses mais premiados em concursos internacionais. 

Quinta de Bons-Ventos Branco 2013 (375 ml)

Produtor:  Casa Santos Lima

País:  Portugal

Região:  Lisboa

 UvaArinto, Fernão Pires, Moscatel e Chardonnay

Amadurecimento:  sem carvalho

Teor Alcóolico:  12,5%

Cor: amarelo palha com reflexos esverdeados  

Aroma: mostra frutas brancas, com predominância de maçã verde, além de toques cítricos e minerais

Sabor:  repete as impressões do olfato, com uma boa acidez que lhe dá frescor

Final: médio, com o cítrico se mostrando 

Avaliação:  86/100 Pontos

Preço:  R$ 24,50 (R$ 13,50 em promoção), na Bekaa Delicatessen

Observação um branco básico, refrescante, com bom custo/qualidade

 

Publicado em: 30/08/2014

Viña Collada 2008

 

 

Viña Collada 2008 

Produtor:  Herederos Del Marqués de Riscal 

País:  Espanha 

Região: Rioja Alavesa  

Uva:  93% Tempranillo, 5% Graciano e 2% Mazuelo 

Amadurecimento:  6 meses em carvalho americano 

Teor Alcóolico:  13% 

Cor:  granada vivo, com halos mais claros 

Aroma:  mostra frutas vermelhas, toques florais, notas de cânfora,  chocolate e algo de licor. 

Sabor: apresenta um médio corpo, com taninos leves e bem integrado ao frutado e acidez equilibrada 

Final:  longo, levemente apimentado e amadeirado 

Avaliação: 87/100 Pontos  

Preço:  R$ 59,60 (R$ 32,80  em promoção), na Bekaa Delicatessen 

Observação vinho gastronômico, elaborado para o mercado brasileiro. Sem negar as raízes espanholas e mantendo características de vinhos do dia a dia de Rioja, o carvalho americano dá um toque amadeirado ao paladar lembrando vinhos da América do Sul. Bom custo/qualidade

 

Publicado em: 30/08/2014

Falesco Vitiano 2011

 . 

 

Falesco Vitiano 2011

Produtor:  Azienda Vinicola Falesco

País:  Itália

Região:  Montecchio, Umbria

Uva:  Sangiovese 34%, Merlot 33% e Cabernet Sauvignon 33%  

Amadurecimento:  3 meses em barricas de carvalho francês

Teor Alcóolico:  13,5%

Cor:  rubi intenso, com muito brilho

Aroma mostra frutado intenso, com cereja, framboesa, especiarias e toque floral

Sabor:  apresenta um corpo médio, com taninos finos e bem integrados ao frutado e acidez pontual e leve salgado

Final:  bom final, com o frutado se mostrando

Avaliação:  89/100 Pontos

Preço:  R$ 78,50 (45,00 na promoção), na Bekaa Delicatessen

Observaçãovinho elegante, com agradável frutado

 

Per Bacco. Todos os direitos reservados.2014