Publicado em: 05/07/2015

Os vinhos da Prado Rey

 

A Enoteca Decanter realizou, ontem, a sua tradicional degustação do sábado. Em pauta, vinhos da Prado Rey, que foram apresentados pelo Sérgio Musolino. Vamos a eles.

O Real Sitio de Ventosilla, Prado Rey, fica em Ribera Del Duero. É a maior extensão vitícola da região, com 520 hectares, divididos em 7 pagos, plantados a partir de 1989. A história da Bodegas Prado Rey remonta a 11 de setembro de 1503, quando a rainha Isabel a propriedade que,  na época pertencia, ao Conde de Ribadeo. Anos mais tarde, o Rei Carlos I doou a propriedade ao Marquês de Denia que construiu o palácio onde Felipe III e gostava de ir caçar e apreciar os ventos suaves e clima da região, daí o nome "Real Sito de Ventocilla ". Passaram vários séculos até que a propriedade passou para as mãos dos atuais proprietários, a família Cremades.

Desde  a época da realeza, foram  desenvolvido, em seus mais de três mil hectares, produtos agrícolas e assim continuou até o presente, onde cerca de 520 hectares são dedicados exclusivamente ao cultivo de uvas. Vinícolas Real Sítio de Ventosilla tem a maior área de vinhas em toda a Denominação de Origem Ribera del Duero.Em 1989 foi feita a primeira plantação de vinhas e a adega foi construída até 1996. As vinhas estão dispostas em treliças que são irrigados por gotejamento e a adega foi construída em uma encosta que permitiu que um semienterramento, como as adegas antigas conseguindo manter as temperaturas de controle, umidade como ambiente ideal para o amadurecimento dos vinhos.  Interessante é o trabalho e os cuidados que se faz no ambiente através de ações e projetos. A construção de uma barragem em 1924 tornou-se um parque de energia autossustentável, além de parque de energia solar. 

PradoRey Verdejo/Sauvignon Blanc 2013 – elaborado com 50% Verdejo, 50% Sauvignon Blanc, com rápida permanência em tanques de inox. Teor Alcoólico de 12,5%. A coloração é de um dourado delicado e cristalino. Os aromas mostram fruta cítrica e tropical, anis e ervas frescas. Na boca apresenta um ataque fino, acidez marcante, que lhe confere frescor. Bom final com frutado cítrico prevalecendo. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$ 55,20;

PradoRey Rosado Jovem 2013 - elaborado com 100% Tempranillo, com rápida permanência em tanques de inox. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um cereja de média intensidade e ótima transparência. Os aromas mostram morango, cereja, pêssego e frutos secos. Na boca apresenta ótima estrutura, repetindo as sensações do olfato, com acidez equilibrada. Bom final com o frutado se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 55,20.

PradoRey Tinto Jovem Tempranillo 2012 - elaborado com 100% Tempranillo, com permanência de 3 meses em tanques de inox e permanece por 6 meses nas garrafas antes da comercialização. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um púrpura luminoso com boa transparência. Os aromas mostram frutas vermelhas, toques florais e algo de caramelo. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos suaves, repetindo o frutado do olfato, acidez pontual e leve adocicado. Bom final frutado. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 56,80.

PradoRey Roble 2013 - elaborado com 95% Tinta Fina (em 11 clones locais da Tempranillo), 3% Cabernet Sauvignon, 2% Merlot, com permanência de 6 meses em barricas de carvalho francês e americano. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um púrpura luminoso com boa transparência e bom brilho. Os aromas mostram fruas vermelhas e negras, notas balsâmicas, ervas aromáticas e especiarias doces. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos bem integrados ao frutado e acidez equilibrada. Um bom final com o frutado e o toque balsâmico se mostrando. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$94,55.

PradoRey  Reserva 2001 - elaborado com 95% Tinta Fina, 3% Cabernet Sauvignon, 2% Merlot, com permanência de 24 meses em barricas de carvalho  americano e depois mais 3 meses em tonéis de carvalho francês de 20.000 litros. Teor Alcoólico de 15%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante, com reflexos violáceos. Os aromas mostram frutas negras, frutas em compota, toques minerais torrefação e especiarias. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos sedosos, bem integrados com o frutado e em equilíbrio com a acidez, com toque mineral. Longo final com intenso frutado e  o mineral se mostrando. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$263,45. 

PradoRey Gran Reserva 2004 - elaborado com 95% Tinta Fina (em 11 clones locais e antigos da Tempranillo), 3% Cabernet Sauvignon, 2% Merlot, com permanência de 24 meses em barricas de carvalho  americano e depois mais 6 meses em tonéis de carvalho francês de 20.000 litros. Teor Alcoólico de 15%. A coloração é de um rubi intenso, com reflexos alaranjados e muito brilho. Os aromas mostram frutas negras, frutas em compota, toques minerais e balsâmicos e algo de tostados. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos sedosos, bem integrados com o frutado e em equilíbrio com a acidez e o teor alcoólico. Longo final, levemente perfumado, com o toque mineral se mostrando. Avaliação: 94/100 Pontos. Preço: R$ 301,45.

 

Publicado em: 03/07/2015

Decanter Show Case

 

Sérgio Musolino, da Enoteca Decanter Rio Preto, comandou, ontem, a partir das 18 horas,  na Forneria Casa Grande, o Decanter Show Case, mini feira de vinhos. Foram degustados 23 vinhos,  de 7 vinícolas: De Martino, Caliterra, Luigi Bosca, Las Moras, Ferrari, Rocca delle Macie e Domaine Paul Mas, comercializados a preços com descontos especiais para os participantes. A degustação foi dirigida pela Sommelière Paola Karasck (foto).  Um excelente evento que reuniu dezenas de enófilos da região. Vamos aos vinhos, com a respectiva avaliação.

Las Moras

Reserve Malbec 2013 – 88/100 Pontos – R$ 45,60

Black Label Bonarda 2012 -  89/100 Pontos – R$ 68,00

Black Label  Cabernet-Cabernet 2012 – 89/100 Pontos -  R$ 68,00

Mora Negra 2011 – 91/100 Pontos – R$ 147,20

Luigi Bosca

Riesling Las Compuertas  2014 – 89/100 Pontos -  R$ 81,60

Cabernet Sauvignon  2012 – 89/100 Pontos – R$ 81,60

De Sangre 2012 – 91/100 Pontos – R$ 112,00

Malbec DOC 2012 – 91/100 Pontos – R$ 109,60

Caliterra

Reserva Sauvignon Blanc 2014 – 88/100 Pontos – R$ 56,80

Tributo Cabernet Sauvignon 2011 – 90/100 Pontos – R$ 89,60

Edicion Limitada A  2010 – 91/100 Pontos – R$ 164,80

De Martino

347 Syrah 2012 – 90/100 Pontos – R$ 56,80

Legado Gran Reserva Chardonnay 2012 – 90/100 Pontos – R$ 85,60

Legado Gran Reserva Carmenère 2012 – 89/100 Pontos – R$ 85,60

Legado Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2012 – 90/100 Pontos – R$ 85,60

Paul Mas

Estate Viognier 2013 – 89/100 Pontos – R$ 72,00

Carignan Vieilles Vignes 2013 – 91/100 Pontos – R$ 72,00

Arrogant Frog Reserve GMS 2013 – 89/100 Pontos – R$ 72,00

Ferrari

Maximum Brut – 91/100 Pontos – R$ 179,20

Perle – 92/100 Pontos – R$ 216,00

Rocca delle Macie

Occhio a Vento Vermentino 2013 – 89/100 Pontos – R$ 76,80

Tenuta Sant’Alfonso Chianti Classico 2012 – 91/100 Pontos – R$ 127,20

Ser Gioveto – 2010 – R$ 92/100 Pontos – R$ 182,40

Para o jantar tivemos  Ferrari Maximum Rose – 91/100 – R$ 197,60 (harmonizado com entrada de queijo e presunto cru); Rocca delle Macie Chianti Classico Riserva 2009 – 91/100 Pontos – R$ 164,00 (harmonizado com Lasanha ao Pesto); Finca Los Nobles Malbec Verdot 2010 – 92/100 Pontos – R$ 244,00 e Mas de Mas Maury 2013 – R$ 164,80.

 

Publicado em: 02/07/2015

Lovico Suhindol Cabernet Sauvignon & Mavrud 2012

 

A vinícola Lovico é sucessora da primeira cooperativa vinícola dos Balcãs – e herdeira das vinhas mais velhas da região. Com o objetivo de construir uma vinícola, Marko Vachkov, em 1909, reuniu famílias de viticultores locais e enólogos às técnicas mais avançadas de vinicultura à época. Já nos anos 1920, a vinícola era líder do mercado na Bulgária. Nacionalizada em 1952, recebeu uma série de investimentos no período que se sucedeu e seguiu crescimento. Hoje, novamente privatizada, é a maior e mais renomada vinícola do país do Leste Europeu. A Vinícola Lovico Suhindol (região no norte da Bulgária, localizada na planície do Danúbio), possui cerca de 300 hectares de vinhedos próprios na região, dentre os quais se destacam as castas Cabernet Sauvignon, Merlot, Chardonnay, Mavrud, Syrah, Cabernet Franc, Muscat, Sauvignon Blanc, entre outras, bem como a Gamza - uma casta emblemática autóctone do país. É um dos principais exportadores de vinho da Bulgária, com história de exportações desde 1914 e destinos de exportação para mais de 40 países, nos 5 continentes.

Lovico Suhindol Cabernet Sauvignon & Mavrud 2012 - elaborado com Cabernet Sauvignon e Mavrud, com passagem Estagiou em tanques com ''staves'' de carvalho por 3 meses.  Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um rubi de média intensidade com toques granada, com muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas, baunilha e um profundo toque mentolado. Na boca o vinho apresenta um corpo médio, taninos leves, macios e redondos com uma boa acidez, repetindo o olfato. Final de média duração, com o mentolado aparecendo. Avaliação:  86/100   Pontos.  Preço: R$ 59,00, na Winelands. Observação: Mavrud é uma antiga variedade local, cultivado na Bulgária desde os tempos antigos. Às vezes, é encontrado na Grécia, bem como na Macedônia. Na Bulgária, é particularmente popular no vale Thracian - na região de Plovdiv (entre Asenovgrad e Pazardzhik). Há vinhas com Mavrud em torno de Nova Zagora, e na região do Mar Negro (perto de Pomorie), bem como, e, uma vez que recentemente - na região de Melnik, também. 

 

Publicado em: 01/07/2015

Oscar do Vinho Italiano

 

Roma assistiu ao “Premio Internazionale del Vino 2015”, conhecido como o Oscar del Vino Italiano. Criado e organizado pela AIS (Associazione Italiana Sommelier) e Bibenda, sua revista oficial e principal órgão de comunicação, em sua 16ª edição. O premio homenageia os melhores vinhos do ano e produtores, enólogos, promoters, restaurantes, lojas, azeites, etc.. Vamos à relação, incluindo os três indicados para cada categoria. O vencedor está em destaque

MELHOR VINHO BRANCO

- Vintage Tunina “Tappo a vite” 2005 / JERMANN

- Pecorino Giulia 2013 / CATALDI MADONNA

-Sicilia Contea di Sclafani Chardonnay 2012 / TASCA D’ALMERITA

MELHOR VINHO TINTO

Taurasi Vigna Macchia dei Goti 2010 / CANTINE ANTONIO CAGGIANO

- Barolo Cannubi Boschis 2010 / SANDRONE

- Amarone della Valpolicella Classico Vigneto Monte Sant’Urbano 2010 / SPERI

MELHOR VINHO ROSÉ

- Alto Adige Brut Rosé Athesis Metodo Classico s.a. / KETTMEIR

- Spumante Metodo Classico 4478 Nobleffervescence s.a. /    QUATREMILLEMÈTRES

Rosé Brut 2011 / TERRAZZE DELL’ETNA

MELHOR VINHO ESPUMANTE

Dubl + 2011 / FEUDI DI SAN GREGORIO  -

- M. C. Ubaldo Rosi Ris. 2008 / COLONNARA

- Soldati La Scolca Brut d’Antan Millesimato 2003 / LA SCOLCA

MELHOR VINHO DE SOBREMESA

- Moscato Passito di Saracena 2013 / CANTINE VIOLA

Vinsanto del Chianti Classico 2004 / FONTODI

- A. A. Moscato Giallo Passito Baronesse Baron Salvadori 2011

MELHOR RÓTULO COM MELHOR VINHO

Bolle di Lambrusco To You / CECI

- Trentino Chardonnay Del Diaol Ritratti 2013 / LA VIS

- Suisassi 2011 / DUEMANI

MELHOR VINHO DE GRANDE RELAÇÃO QUALIDADE-PREÇO

- Molise Aglianico Contado 2012 / DI MAJO NORANTE

- Frascati Superiore Vigneto Santa Teresa 2013 / FONTANA CANDIDA

Vino Nobile di Montepulciano 2011 / TENUTE DEL CERRO

MELHOR VINÍCOLA

- BIONDI SANTI / Brunello di Montalcino Riserva 2008

- CENTOPASSI / Tendoni di Trebbiano 2012

- SANTADI / Carignano del Sulcis Superiore Terre Brune 2010

 

Publicado em: 01/07/2015

Um vinho de Angola

 

Já está sendo comercializado o primeiro vinho produzido em Angola. O Serras da Xxila, como foi batizado, deverá chegar também em breve à Europa. Serras da Xxila é considerado o primeiro vinho "made in Angola", a ser comercializado no exterior . Mas até lá, há ainda um longo caminho a percorrer no mercado angolano, onde o Serras da Xxila começou a ser vendido.

A herdade de Santa Maria tem 17 mil hectares, 50 dos quais dedicados para a produção de vinhos e de uva de mesa. O projeto conta com assessoria brasileira e portuguesa e teve, desde 2008, um investimento total de 16 milhões de dólares. Esse valor inclui a produção de outros produtos, como azeite, além de pecuária. Da produção de 2013 resultaram 70 mil garrafas, estando disponíveis no mercado cerca de 60 mil. "Primeiro temos de ver como vai ser recebido para depois decidir o que devemos melhorar no produto. E é o cliente que o diz", explica Carlos Carneiro, administrador da vinícola, frisando que "é da crítica que vem a auto-crítica."Produzido e engarrafado na propriedade de Higino Carneiro, general do exército angolano e atual governador da província do Cuando Cubango, o Serras da Xxila é feito a partir da casta angolana Muzondo Menga Ixi, do Cuanza Sul. "É sobre esta base que estamos a produzir", diz Carlos Carneiro. E como está no início, "é difícil estabelecer uma comparação com outros vinhos".

Publicado em: 01/07/2015

Lavinyeta Heus Negre 2013

 

La Vinyeta é uma empresa relativamente nova, criada em 2002, no centro da região de Alt Empordà, em Mollet de Peralada, um município dedicado ao cultivo de vinhas e oliveiras. La Vinyeta é o projeto do enólogo  catalão Josep Serra, que era apenas um estudante enologia prodigioso em 2002, quando comprou cerca de cinco hectares de vinha velha - Samsó (Carignan) – 55 anos e Grenache – 80 anos, na região Alt Empordà,  entre as montanhas dos Pirenéus e o mar. Serra nomeou seu vinho La Vinyeta, uma combinação dos termos catalão para "vinha" e "história em quadrinhos. O nome  Heus, vem  da expressão catalã  "Heus aquí vegada una ", que significa, " Era uma vez ". A idéia é que cada vinho pode contar uma história.

Lavinyeta Heus Negre 2013 – elaborada com 36% Samsó (Carignan), 35% Syrah, 22% Garnatxa e 7% Merlot, amadurecimento em tanques de aço inox. Teor Alcoólico de 13,5%. A cploração é de um vermelho cereja com reflexos violáceos e muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas (framboesa , mírtilo, cereja e amora), toques lácteos e especiarias. Na boca apresenta um bom corpo, com ótimo equilíbrio entre frutado, taninos e acidez Um longo final com o frutado se mostrando intensamente. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 76,00, na Vinum Day.

 

Publicado em: 01/07/2015

Beau-Séant Merlot 2008

 

Em 1118 na Terra Santa uma ordem militar de monges guerreiros foi fundada com o nome de Os Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão, posteriormente conhecida como Ordem dos Cavaleiros Templários. Seu lema era: Non Nobis Domine, Non Nobis, Sed nomini Tuo Da Gloriam (Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória). Os nobres, consagrados em título de cavaleiro templário, levavam  os três votos de monge,   pobreza, castidade e obediência, assim como um quarto, para patrulhar e proteger os peregrinos a Jerusalém com o poder de suas armas. Esta irmandade de homens armados, com um estilo de vida baseado exclusivamente no uso de armas e privilégios, tornou-se famosa por beber grandes volumes de vinho tinto, o que deu origem ao provérbio francês "Beber como um templário". Em 1146 os Cavaleiros Templários adotaram a famosa cruz escarlate, espalhada como o símbolo de sua bandeira preto-e-branco, chamado Beau-Séant. Em francês medieval o significado de "beau" (belo) foi associado com a noção de espírito elevado, nobreza e alta moralidade, portanto, o significado do grito de guerra - "Seja Glorioso".

Esta é uma coleção especial de vinhos búlgaros, produzidos  pela Winery  Stambolovo, produzida e engarrafada sob licença e controle da Ordem Suprema Militar do Templo de Jerusalém - Magnus Prioratus Magistralis Bulgariae.

Beau-Séant Merlot 2008 – elaborado com 100% de Merlot, provenientes  de controlada de Stambolovo, no sul da Bulgária,com amadurecimento 12 meses em tonéis de carvalho e mais 12 meses em caves. Teor Alcoólico de  12%. A coloração é de um vermelho rubi  intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas vermelhas (cereja, ameixa, amora), toques de especiarias, baunilha e algo floral. Na boca apresenta um corpo médio, taninos finos e acidez delicada, com toque mineral que se mantém no bom final. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 69,90, na Vinum Day.

 

Publicado em: 30/06/2015

Prado Rey no sábado

 

Publicado em: 30/06/2015

Seleção Nacional do semestre

 

Apresentamos a relação dos vinhos nacionais, degustados no primeiro semestre, que obtiveram acima de 85 Pontos, segundo nossa avaliação. Vamos a eles.

Guaspari Syrah/Vista da Serra 2011 – 92 Pontos

Boscato Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2005 – 92 Pontos

Pireneus Intrépido Syrah 2012 – 92 Pontos

Maximo Boschi  Merlot 2005 – 92 Pontos

Miolo Testardi Syrah 2012 – 91 Pontos

ViapianaVia 1986 Cabernet Sauvignon 2005 – 91 Pontos

Dal Pizzol Tannat 2011- 90 Pontos

Lidio Carraro Grande Vindima Quorum 2006 – 90 Pontos

Larentis Reserva Tannat 2012 - 90 Pontos

Bueno Paralelo 31 2011 – 90 Pontos

Cave de Pedra Special Blend 2005 – 90 Pontos

Larentis Cepas Selecionadas Ancellotta 2011 – 89 Pontos

Larentis Cepas Selecionadas Teroldego 2012 – 89 Pontos

Larentis Cepas Selecionadas Marselan 2011 – 89 Pontos

Stupendo Pinot Noir 2012 – 89 Pontos

Viapiana Chardonnay Expressões 2012 – 89 Pontos

Spettacolo Syrah 2012 – 88 Pontos

Oriundi 2011 – 88 Pontos

Almaúnica Reserva Cabernet Sauvignon 2009 – 88 Pontos

Dal Pizzol Gamay Beaujolais 2014 – 88 Pontos

Larentis Reserva Especial Merlot 2009 – 88 Pontos

Vinhateiros do Vale Larentis  2013 – 88 Pontos

Panizzon Maximus 2012 – 88 Pontos

Panizzon Espumante Chardonnay Brut – 87 Pontos

Cave Antiga Sangiovese 2012 – 87 Pontos

Cattacini Vale do Luar  Chenin Blanc 2013 – 87 Pontos

Guilherme Fasolo Cabernet Sauvignon 2009 – 87 Pontos

Santa Augusta Sarau 2010 – 86 Pontos

Don Guerino Malbec Vintage2014 – 86 Pontos

Dominio Vicari Merlot 2009 – 86 Pontos

 

Publicado em: 30/06/2015

Os melhores do semestre

 

Ao final do semestre publicamos a lista dos vinhos degustados, nesse período, e que obtiveram acima de 90 Pontos, segundo a nossa avaliação. É só uma referência. Esperamos que seja útil. Lembrando que a melhor avaliação é aquela que você faz. Vamos aos vinhos.

Barca Velha 2004 – 97 Pontos

Antinori Solaia 2010 – 95 Pontos

Almaviva 2011 – 95 Pontos

Arzuaga Gran Reserva 1996 – - 95 Pontos

Aneri Stella Amarone 2003 – 94 Pontos

Júlio B. Bastos Garrafeira Alicante Bouschet 2004 – 94 Pontos

Gulfi Nerobufaleffj 2007 – 94 Pontos

Meli Regle 2009 – 94 Pontos

Nottola Nobile di Montepulciano Riserva del Fattore 2008 – 94 Pontos

De Martino Las Cruces 2011 – 94 Pontos

Guado Al Tasso Il Bruciato 2011 – 93 Pontos

Finca Los Nobles Cabernet Bouchet 2010 – 93 Pontos

De Martino Las Aquilas Cabernet Sauvignon 2011 – 93 Pontos

Paul Hobbs Cabernet Sauvignon 2005 – 93 Pontos

Château Poujeaux  2008 – 93 Pontos

Talenti Brunello di Montalcino 2009 – 93  Pontos

Villard Tanagra Syrah 2009 – 93 Pontos

De Martino Alto de Piedras Carmenère 2011 – 93 Pontos

Clos Andino Grande Reserve Le Carmenère 2011 – 93 Pontos

Quinta do Vale Meão 2010 – 93 Pontos

Château Lagrezette Cuvée Dame Honneur 2003 – 93 Pontos

Riglos Gran Corte 2011 – 93 Pontos

 Pergolaia  2008 – 93 Pontos

Boscato Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2005 – 92 Pontos

Nicodemi Neromoro Montepulciano d’Abruzzo Riserva 2007 – 92 Pontos

Viña Alicia Cuarzo 2007 – 92 Pontos

Guaspari Syrah/Vista da Serra 2011 – 92 Pontos

Gulfi Nerosanlore 2007 – 92 Pontos

Gulfi Neromaccari 2007 – 92 Pontos

Pireneus Intrépido Syrah 2012 – 92 Pontos

Starry Night Syrah 2011 – 92 Pontos

Ser Gioveto  2009 – 92 Pontos

JCB no. 7 2011 – 92 Pontos

Château Charmail 2006 – 92 Pontos

Château D’Agassac  2006 – 92 Pontos

Maximo Boschi  Merlot 2005 – 92 Pontos

Le Volte Dell’Ornelaia 2012  - 92 Pontos

Quinta da Gaivosa Vinha de Lordelo 2007 – 92 Pontos

Guaspari Syrah/Vista do Chá 2011 – 92 Pontos

Las Moras Gran Shiraz Pedernal  Valley 2009 – 92 Pontos

Las Moras Gran Shiraz 3 Valley 2009 – 92 Pontos

Las Moras Finca Pedernal Malbec 2008 – 92 Pontos

Caliterra Tributo Carmenère/Malbec 2010 – 92 Pontos

Luis Segundo Malbec 2006 - - 92 Pontos

Trabun Syrah 2010 – 92 Pontos

Tinedo Cala N.2 2010 – 92 Pontos

Luis Segundo Malbec 2006 – 92 Pontos

Altair Seleccion 2004 – 92 Pontos

Valdivieso Caballo Loco Grand Cru 2011 – 92 Pontos

Caliterra Tributo Carmenère/Malbec 2010 – 92 Pontos

Bouchard Beaune-du-Chateau 1er Cru Pinot Noir 2009 – 92 Pontos

Domaine Chandon de Briailles Savigny-lès-Beaune 1er Cru Les Lavières 2010 – 92 Pontos

Plansel Selecta Grande Escolha 2010 - 92 Pontos

Miolo Testardi Syrah 2012 – 91 Pontos

ViapianaVia 1986 Cabernet Sauvignon 2005 – 91 Pontos

Finca Las Moras Mora Negra 2010 – 91 Pontos

Las Moras Gran Shiraz Zonda Valley 2008 – 91 Pontos

Château Potensac  2008 – 91 Pontos

Labrador 2011 – 91 Pontos

Chateau Ste Michelle Syrah 2011 – 91 Pontos

Château Langrezette Cru D’Exception 2004 – 91 Pontos

Casa Silva Los Lingues Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2012 – 91

Quinta de Porrais Parcelas Douro 2010  91 Pontos

Vibo Punta del Viento 2011 – 91 Pontos

Bouchard Savigny-les-Beaune les Lavières 1er Cru Pinot Noir 2011- 91 Pontos

Casa Marin Sauvignon Blanc Cipreses Vineyard 2013 – 91 Pontos

Bouchard Nuits-Saint Georges les Porrets 2011 – 91 Pontos

Intipalka Cabernet Sauvignon-Syrah 2012 – 91 Pontos

Ramanegra Reserva Malbec  2013 – 91 Pontos

Conde de Vimioso Reserva 2008 –- 91 Pontos

Riglos Gran Cabernet Sauvignon 2011- 91 Pontos

Araldica Flori Barolo 2010 – 91 Pontos

Bad Boy 2008 – 91 Pontos

Las Ocho 2010 – 91  Pontos

Angosto 2009 – 91 Pontos

Villard Le Chardonnay Grand Vin 2013 – 91 Pontos

Villard Equis 2005 – 91 Pontos

Saurus Familia Schroeder Malbec 2010 – 91 Pontos

Araldica Barbaresco Corsini 2011 – 91 Pontos

Dona Maria Petit Verdot 2009 – 91 Pontos

Trabun Syrah 2009 – 91 Pontos

Km 0 Río de la Plata Reserva Tannat Syrah 2012 – 91 Pontos

Gulfi Reseca 2006 – 91 Pontos

Luigi Bosca Gala 4 2012 – 91 Pontos

Jacksons Pinotage 2012 – 91 Pontos

Bouchard Beaune du Chateau Blanc 1er Cru 2009 – 91 Pontos

Dorina Lindmann Reserva 2009 – 91 Pontos

De Martino Legado Reserva Syrah 2012 – 91 Pontos

Basilisco Aglianico Del Vulture 2006 – 91 Pontos

Cabal Reserva Malbec 2012 – 90 Pontos

Domaine du Castel Grand Vin 2005 – 90 Pontos

Villard  Expresión Reserve Syrah 2012 – 90 Pontos

Meli Carignan 2012 – 90 Pontos

Luigi Bosca  Gewürztraminer  Selección de Granos Nobles 2012 – 90 Pontos

Viña Maipo Gran Devocion Syrah-Viognier 2009  - 90 Pontos

Varanda do Conde 2010 – 90 Pontos

Glen Carlou Grand Classique 2008 – 90 Pontos

Villard  Expresión Reserve Pinot Noir 2013 – 90 Pontos

Meyer-Näkel Spatburgunder Dernauer Pfarrwingert 2009 – 90 Pontos

Château Chasse-Spleen 2006 – 90 Pontos

Intipalka Cabernet Sauvignon-Petit Verdot  Reserve 2012 – 90 Pontos

Las Moras Gran Shiraz Tulum Valley 2008 – 90 Pontos

Luigi Bosca Malbec Terroir Los Miradores 2012 – 90 Pontos

Villa Raiano Taurasi 2008 – 90 Pontos

Lorca Monastrell 2009 – 90 Pontos

De Martino Gran Reserva Legado Pinot Noir 2013 – 90 Pontos

Rosa de los Vientos Rosé Nature – 90 Pontos

Familia Schroeder Pinot Noir/Malbec  2010 – 90 Pontos

De Loach Merlot 2012 – 90 Pontos

Dettori Renosu Rosso – 90 Pontos

Bouza Merlot/Tannat 2012 – 90 Pontos

Peter Lehmann Art Series Shiraz/Grenache 2009 – 90 Pontos

Chocapalha Vinha Mãe 2010 – 90 Pontos

Monte dos Cabaços Colheita Selecionada 2008 – 90 Pontos

Viña Maipo Gran Devocion Syrah-Viognier 2009 – 90 Pontos

Alento Tinto Reserva 2011 – 90 Pontos

Dal Pizzol Tannat 2011- 90 Pontos

Lidio Carraro Grande Vindima Quorum 2006 – 90 Pontos

Valle las Acequias Rosedal Malbec 2007 – 90 Pontos

Rukumilla 2007 – 90 Pontos

Catrala Merlot 2010 – 90 Pontos

Krasno Rdece 2012 – 90 Pontos

Goriska Syrah Premium 2010 – 90 Pontos

Planeta Santa Cecilia 2007 – 90 Pontos

Goriska Syrah Premium 2010 – 90 Pontos

Planeta Santa Cecilia 2007 – 90 Pontos

Krasno Rdece 2012 – 90 Pontos

Valle las Acequias Rosedal Malbec 2007 – 90  Pontos

Alento Tinto Reserva 2011 – 90 Pontos

Viña Maipo Gran Devocion Syrah-Viognier 2009 – 90 Pontos

Colomé Torrontés 2013 – 90 Pontos

Craggy Range Sauvignon Blanc 2009 – 90 Pontos

Riglos Gran Malbec 2011 – 90 Pontos

Riglos Gran Cabernet Franc 2011 – 90 Pontos

Larentis Reserva Tannat 2012 - 90 Pontos

Paul Mas Carignan Vieilles Vignes 2010  - 90 Pontos

Mazzei Ser Lapo Chianti Classico Riserva 2011 – 90 Pontos

Caliterra Tributo Carmenère/Malbec 2010 – 90 Pontos

San Fabiano Calcinaia Chianti Classico 2011 – 90 Pontos

Boscarelli  Vino Nobile di Montepulciano 2009 – 90 Pontos

Luigi Bosca Gala 3 2009 – 90 Pontos

Bueno Paralelo 31 2011 – 90 Pontos

Cave de Pedra Special Blend 2005 – 90 Pontos

Las Moras Gran Shiraz Zonda Valley 2008 – 90 Pontos

De Martino Old Bush Single Vineyard Las Cruces 2009 – 90 Pontos

Seña 2007 – 90 Pontos

Graham Beck Pinno 2012 – 90 Pontos

Gulfi Nerobaronj 2008 – 90 Pontos

Accademia dei Racemi Dunico Primitivo di Manduria 2009 – 90 Pontos

Per Bacco. Todos os direitos reservados.2015