Publicado em: 23/05/2015

Degustando Las Moras

 

O sábado na Decanter apresentou a degustação de vinhos da vinícola argentina, de San Juan, Las Moras. A Finca Las Moras foi a  primeira vinícola a produzir vinhos na   região de San Juan, desde a reconversão dos vinhedos em 1993, pelo famoso viticultor, Dr. Richard Smart. O experiente enólogo Eduardo Casademont e sua equipe são os responsáveis pelos vinhos produzidos dentro do conceito de “harmonia viva”, respeitando com práticas sustentáveis e orgânicas o meio-ambiente e as pessoas, nos três principais vales da região: Tulum, Zonda e Pedernal. Vamos aos vinhos.

Finca Las Moras Black Label Sauvignon Blanc 2011 - elaborado com 100% Sauvignon Blanc,  a partir de vinhedos de 12 anos de idade localizados a 1.350 metros de altitude, sendo que uma parte do lote (10%) foi fermentado em barricas de carvalho.  Amadurecimento de 9 meses sobre as lias em cubas de inox.  Teor Alcóolico de  13,5%. A coloração é de um palha de média intensidade com reflexos esverdeados. Os aromas mostram  maracujá, limão e pêssego seguidos por erva doce. Na boca apresenta bom ataque gustativo repetindo as sensações do olfato, com um toque mineral. om final com cítrico e mineralidade. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$61,80, no evento.

Finca Las Moras Pacha-Mama Malbec 2013 – elaborado com 100% Malbec, a partir de vinhedos com 12 anos de idade localizados a 1.350 metros de altitude, com passagem de 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. Teor Alcóolico de  13,5%. A coloração é de um rubi concentrado, com halo purpúreo e muito brilho. Os aromas mostram ameixa, morango, especiarias, toque herbáceo e floral. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos suaves  e bem integrados ao frutado e um leve adocicado. Longo final frutado com o floral se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 61,80, no evento.

Alma Mora 2013 – elaborado com 50% Cabernet Sauvignon, 40% Malbec  e 10% Petit Verdot, a partir de vinhedos no Vale de Zonda, com   6 meses de  envelhecimento em madeira. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um vermelho e roxo profundo. Os aromas mostram frutas vermelhas (framboesa, cereja, amora), toques herbáceos, leve pimenta e baunilha. Na boca apresenta um bom corpo, com um frutado adocicado que se mistura aos taninos suaves e acidez equilibrada. Bom final frutado. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$ 43,00, no evento.

Las Moras Gran Shiraz Tulum Valley 2008 - elaborado com 100% Shiraz, a partir de vinhas com vinhas 38 anos, localizados no Vale de Tulum localizado a 650 m de altura, com passagem de 15 meses em barricas novas de carvalho francês e americano. Teor Alcóolico de  13,5%. A coloração é de um rubi concentrado, com muito brilho. Os aromas mostram  figo, licor de cereja, coco queimado, tabaco e especiarias doces. Na boca apresenta um excelente corpo, bastante estruturado,  com taninos potentes e bem integrados. Longo final, com o frutado intenso. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$183,60, no evento.

Las Moras Gran Shiraz Zonda Valley 2008 - elaborado com 100% Shiraz, a partir de vinhas com 22 anos, localizados no Vale de Zonda localizado a 900 m de altura, com passagem de 15 meses em barricas novas de carvalho francês e americano. Teor Alcóolico de  14,5%. A coloração é de um purpúreo muito brilhante. Os aromas mostram  frutas vermelhas (figo, groselha, cereja, amora), alcaçuz, menta, fumo e tostado. Na boca apresenta um excelente corpo, com taninos potentes, bem integrados ao frutado e muito equilíbrio. Longo e potente final frutado, com leve menta. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$183,60, no evento.

Las Moras Gran Shiraz Pedernal  Valley 2009 - elaborado com 100% Shiraz, a partir de vinhas com 16 anos, localizados no Vale de Pedernal  localizado a 1350 m de altura, com passagem de 15 meses em barricas novas de carvalho francês e americano e 8 meses em garrafa antes da comercialização. Teor Alcóolico de  14,5%. A coloração é de um púrpura, quase negra, com muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas maduras, especiarias doces, menta, alcaçuz e tabaco. Na boca apresentai um bom corpo, com taninos firmes e bem integrados, acidez equilibrada. Longo final, com o frutado intenso. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$183,60, no evento.

Las Moras Gran Shiraz 3 Valley 2009 - elaborado com 100% Shiraz, dos vales Pedernal, Tulum e Zonda,  com passagem de 17 meses em barricas novas de carvalho francês e americano, com permanência de 8 meses nas cavas da vinícola antes da comercialização. Teor Alcóolico de  15%. A coloração é de um púrpura, quase negra, com muito brilho. Os aromas mostram frutas vermelhas, alcaçuz, baunilha, tabaco e algo de menta. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos intensos, integrados ao frutado, acidez pontual e toque de menta. Longo final, com o frutado intenso e baunilha. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$183,60, no evento.

Finca Las Moras Mora Negra 2010 - elaborado com Malbec (70%) vinhas de 20 anos e Bonarda (30%) vinhas de 39 anos, com passagem de 15 meses em barricas novas de carvalho francês. Teor Alcóolico de  14,5%. A coloração é de um rubi concentrado, intenso, profundo com reflexo púrpura.  Os aromas mostram  amora, cassis, especiarias, trufas, chocolate e uma ponta floral (violetas). Na boca as sensações do olfato se repetem  com  taninos vivos e bem integrados. Um amargor pontual, adstrigência forte e acidez elevada mostrando-se picante no palato. Final médio frutado e amadeirado. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 183,60 , no evento.

Finca Pedernal Malbec 2008 - elaborado com 100% Malbec, a partir de vinhas de 20 anos, com passagem de 17 meses em barricas novas de carvalho francês e 12 meses em garrafa antes da comercialização. Teor Alcóolico de  14,5%. A coloração é de um rubi concentrado, com bordas violáceas e muito brilho. Os aromas mostram amora, ameixa, frutas passificadas, especiarias variadas, grafite e tabaco. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos suaves, acidez pontual e leve adstrigência. Longo final frutado, com tabaco. Avaliação: 92/100 Pontos. Preço: R$ 345,00 , no evento. Observação: um vinho que é a melhor expressão do Malbec de San Juan.

 

 

Publicado em: 22/05/2015

Espumantes nacionais em destaque

 

Quatro espumantes brasileiros foram destaques no Concours Mondial de Bruxelles,  realizado na cidade italiana de Jesolo nos dias 1, 2 e 3 de maio. Provenientes de 45 países, cerca de oito mil amostras foram degustadas durante o concurso. O evento contou com a presença de 299 degustadores, provenientes de 49 nacionalidades avaliando as amostras. A próxima edição do Concours Mondial de Bruxelles ocorre na cidade de Plovdiv, na Bulgária.

Vamos aos brasileiros premiados: Medalha de Ouro - Casa Portuguesa Espumante Brut 2014 – Vinícola Fazenda Santa Rita Eireli ; Medalha de Prata - Aurora Procedências Espumante Pinot Noir - Cooperativa Vinícola Aurora, Casa Valduga Espumante Brut 130 - Casa Valduga Vinhos Finos e Zanotto Espumante Brut – Vinícola Campestre 

Fonte: Leouve

 

 

Publicado em: 22/05/2015

Os vinhos do Bekaa Wine Club 90+ de maio

 

A seleção do Bekaa Wine Club 90+ de maiol apresenta vinhosa Espanha, sempre oferecidos a preços especiais para os associados, numa excelente relação custo/qualidade. Vamos a eles.

A Bodega Chozas Carrascal está localizada a 700 metros acima do nível do mar, em San Antonio de Requena, entre as cidades de Requena e Utiel. Fundada em 1990, teve a primeira vinificação em 2003 e obteve o Certified Organic Vineyard, para todos os seus vinhos. O cuidado é tão grande que o uso de sulfitos é quase nulo, além de utilizarem um tipo de bombeamento mais delicado, o qual acontece continuamente e de forma bem suave, evitando a rutura dos grãos das uvas. A Chozas Carrascal tem capacidade para produção 300 mil litros diários, além de poder receber diariamente 6000 kg de uvas.

Las Ocho 2010 – elaborado a partir de 8 castas: Bobal, Monastrell, Garnacha Tinta, Tempranillo, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Syrah e Merlot, sendo que as 8 castas são vinificadas separadamente e depois mescladas. Amadurece (75%) por 14 meses em barricas de carvalho francês e mais 12 meses em garrafa. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um rubi intenso e brilhante, com média transparência. Os aromas mostram mirtilo e amoras, em meio a um toque balsâmico, defumado,  tostado e sutil mineral. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos potentes e acidez equilibrada .Mantém o lado balsâmico em meio a café e chocolate amargo com baunilha  e algo mineral. Essas sensações se mantém no longo final. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 98,00, aos membros do Bekaa Wine Club 90+. Observação: obteve 93 Pontos no Guia Peñin.

 

Bodegas El Angosto, localizada em Valencia, Espanha,  pertence a família Cambra e está situada na Finca Santa Rosa no interior de uma antiga bodega do século XlX. Os vinhedosm, 30 hectares, se situam em duas localidades: Santa Rosa e El Angosto, cujas ladeiras calcáreas e pobres em matéria orgânica produzem vinhos mediterrâneos, concentrados e elegantes, com absoluto respeito pelo terroir. 

Angosto 2009 – elaborado com 50% Syrah, 30% Alicante Bouschet e 20% Cabernet Franc, com amadurecimento de 12 meses em barricas de carvalho francês de 500 litros (2ª passagem). Teor Alcóolico de 14%. A coloração é de um rubi de média concentração mostrando halo violáceo. Os aromas mostram frutado vermelho, tabaco, especiarias doces e algo balsâmico. Na boca apresenta bom corpo, repetindo as sensações do olfato em meio a taninos firmes e leve adstringência.Longo final, com muita fruta e toque balsâmico. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 92,00, aos membros do Bekaa Wine Club 90+. Observação: obteve 92 Pontos no Guia Peñin e 91 Pontos de Parker.

Para participar dessa seleção mensal do Bekaa Wine Club 90+ é só contatar o wineclub@bekaa.com.br ou pelo  telefone (17)98151-8384. Vale a a pena!

 

 

Publicado em: 21/05/2015

No Bekaa Wine Tour

 

 

Sérgio Musolino comandou, na noite de ontem, o Bekaa Wine Tour, evento realizado em parceria com o Restaurante Iaiá. O jantar, comandado por Simone Oliveira e pelo Chef Fabio Trindade, ofereceu de Entrada Bruscheta Napolitana, como Prato Principal Risoto de Salmão e Entrecôte Bernaise e como Sobremesa Parfait de Iogurte.  Bela noitada, com o serviço de vinhos de diferentes países. Vamos a eles.

Glen Carlou Sauvignon Blanc 2013 – elaborado com 100 % Sauvignon Blanc, produzido em Stellenbosch, Africa do Sul, com passagem de 4 meses sobre as lias em cubas de inox.  Teor Alcóolico de 13,5%. A coloração é de um amarelo palha brilhante com toques verdeais. Os aromas são intensos e nítidos, com groselha, kiwi, pêssego em calda e leve cítrico. Na boca mostra um ótimo frescor, repetindo as sensações olfativas e um pêssego intenso que permanece no agradável final em meio a algo crocante. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 105,00, na na Bekaa Delicatessen,, para os participantes do evento.

François Labet Vielles Vignes Bourgogne Chardonnay 2011 -elaborado com 100 % Chardonnay a partir de vinhedos com mais de 50 anos, com passagem de 12 meses em barricas novas de 350 litros sobre as lias. Teor alcoólico de 13%. A coloração é de um palha cristalino e brilhante. Os aromas mostram complexidade, com frutos cítricos, maracujá, carambola, caju, toque mineral e amêndoa tostada. Na boca apresenta um impacto cítrico, com boa cremosidade, acentuado toque mineral e acidez equilibrada. Um final de agradável frescor, como mineral e a amêndoa tostada se mostrando. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 111,00, na na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Lorca Monastrell 2009 elaborado pela Bodegas Del Rosario com 100 % Monastrell, da região de Bullas, Murcia, Espanha, com amadurecimento de doze meses em barricas de carvalho francês e húngaro (2a. passagem) e afinado por mais quatro meses na garrafa antes de sua comercialização. Teor Alcóolico de 13,5%. A coloração é de um vermelho-rubi com reflexos violáceos. Os aromas mostram cereja, framboesa, morango, ameixa, toques herbáceos e erva-doce. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos suaves e bem integrados ao frutado, acidez pontual e leve adstrigência. Bom final amadeirado. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 72,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

De Loach Merlot 2012 – elaborado com Merlot 81.73%, Petite Sirah 14.91% e Cabernet Sauvignon 3.36%, da região de Russian River Valley, Califórnia, com amadurecimento de 12 meses em barricas de carvalho americano. Teor alcoólico de 13,5%. %. A coloração é de um vermelho-rubi intenso, brilhante, com boa transparência. Os aromas mostram framboesa, amora, ameixa, baunilha, chocolate, notas de anis e traços de carvalho. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos suaves e bem integrados, repetindo as sensações do olfato. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 89,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Terranoble Reserva Terroir Cabernet Sauvigon 2011 -elaborado com 100% da casta, produzidas no Valle de Maule, com amadurecimento de  8 meses em barricas de carvalho francês e americano para 80% do vinho. Teor alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi intenso com toques violáceos nas bordas e muito brilho. Os aromas são bastante frutados, com algo de especiarias, tabaco, chocolate e leve pimenta verde, com toques amadeirados.  Na boca apresenta um bom equilíbrio, com taninos macios e bem integrados, leve adstrigência, baunilha e pimenta. Longo final, com frutas maduras  e madeira. Avaliação: 89/100 Pontos. Preço: R$ 89,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Bouza Merlot/Tannat 2012elaborado com 60% Merlot e  40% Tannat, videiras entre 30-40 anos,  com passagem de 7 meses em barricas de carvalho francês e americano. Sem filtração. Teor alcoólico de 13,5%. A coloração é de um rubi intenso com toques violáceos nas bordas e média transparência. Os aromas mostram muita fruta vermelha (ameixa, framboesa), seguida de tostado, tabaco e alcaçuz. Na boca apresenta um bom corpo com taninos macios e bem integrados, leve adstrigência, acidez pontual e toque amadeirado. Um longo final frutado. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 109,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Peter Lehmann Art Series Shiraz/Grenache 2009 - elaborado com  78% de Shiraz e 22% de Grenache, da região do Barossia Valley, Australia, sem passagem por carvalho. Teor alcoólico de 14,5%. A coloração é de um púrpura intenso, com muito brilho e transparência. Os aromas mostram frutas maduras (ameixa, framboesa, amora), licor de cassis, toques florais e de menta. Na boca mostra um bom corpo, com taninos macios e bem integrados às frutas. Longo final com licor presente. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 113,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Sigalas Mavrotragano 2009 -  elaborado com 100% da cepa ,que é autóctone da ilha (esteve ameaçada de extinção e agora está sendo reimplantada),a partir de vinhedos de pé franco, em sua maior parte de 50 anos, localizados em Oia, Santorini, Grécia. Amadureceu 18 meses em barricas de carvalho. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um intenso vermelho rubi brilhante. Os aromas mostram frutas vermelhas, toques  balsâmicos, alcaçuz, frutas passificadas e leve chocolate. Na boca apresenta –se volumoso,rústico, com taninos intensos e potentes. Leve acidez. Um final intenso com toques balsâmicos. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 258,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Dona Maria Petit Verdot 2009 - elaborado com 100% Petit Verdot, com  amadureimento de 12 meses em barricas novas de carvalho. Teor Alcoólico de 14,5%. A coloração é de um  rubi concentrado, com muito brilho. Os aromas mostram frutas negras, tostado, tabaco e notas vegetais  Na boca repete as sensações do olfato, em meio a taninos firmes, com acidez equilibrada. Longo final com fruta e tostado. Avaliação: 91/100 Pontos. Preço: R$ 172,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Hermann Matiz Plural 2011 - elaborado com 40% Aragonês, 26,5% Cabernet Sauvignon, 17% Syrah, 11,5% Touriga Nacional e  5% Cabernet Franc, da região de Pinheiro Machado, com amadurecimento de 8 meses em barricas de carvalho francês. Teor Alcoólico de 13%. A coloração é de um rubi brilhante, com halo violáceo. Os aromas mostram frutas vermelhas e negras, toques herbáceos e minerais. Na boca apresenta um bom corpo, com taninos firmes e suaves bem integrados ao frutado. Leve adstringência e acidez pontual. Bom final frutado. Avaliação: 86/100 Pontos. Preço: R$ 59,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Benegas Don Tiburcio 2009 - elaborado com 50% Malbec, 20% Cabernet Sauvignon, 20% Cabernet Franc, 5% Merlot e 5% Petit Verdot, da Finca Libertad, Maipú, Mendoza, com  40 hectares de vinhedos antigos em pé franco. Amadurecimento de 12 meses em barricas de carvalho francês. A coloração mostra um rubi profundo, com borda levemente purpúrea. Os aromas mostram frutas negras, licor de cassis, ameixa passas, toque floral, couro e impressões terrosas. Na boca apresenta um bom corpo, repetindo as sensações do olfato, com taninos suaves e acidez em equilíbrio. Longo final com fruta e licor. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$ 83,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

Dettori Renosu Rosso – elaborado com as castas Cannonau, Monica e Pascale, da região de Sennori, Badde Nigolosu, Sardegna, sem indicação de safra.  Sem clarificação e sem filtração. Amadureceu 24-36 meses em tanques de cimento inerte, além de 1 ano em garrafa antes da comercialização. Teor alcoólico de 14%. A coloração  é de um granada de média intensidade, com bom brilho e média transparência. Os aromas mostram frutas maduras (figo), alcaçuz, frutas secas e toque floral. Na boca apresenta um bom corpo com taninos macios e bem integrados, com evidência de açúcar residual, que lhe confere um bom final adocicado, com toque de mel. Avaliação: 90/100 Pontos. Preço: R$ 114,00, na Bekaa Delicatessen, para os participantes do evento.

 

 

Publicado em: 20/05/2015

No Iguatemi

 

Publicado em: 20/05/2015

Larentis lança ícone

 

A Larentis está lançando o Mérito 2012, uma safra excepcional, que reúne seleção das melhores uvas dos vinhedos da família vinícola. O Mérito 2012, vinho ícone da Larentis, envelheceu em barricas de carvalho americano e francês por 15 meses e depois de engarrafado descansou na cave por 18 meses. Um corte composto por quatro variedades: 62% de Merlot, 15% de Cabernet Sauvignon, 15% de Marselan e 8% de Ancellotta. A produção, super limitada, é de 2.000 garrafas.

Publicado em: 20/05/2015

Alma Mora Chic & Wild 2013

 

Finca Las Moras (em homenagem aos frutos produzidos na região, cercando a vinícola) pertence ao Grupo Peñaflor. Foi a  primeira vinícola a produzir vinhos na   região de San Juan, desde a reconversão dos vinhedos em 1993, pelo famoso viticultor, Dr. Richard Smart. Criada em 1992, como uma vinícola experimental, após anos de estudos e experimentos, se transformou no primeiro produtor de vinhos de alta qualidade da região. Liderados pelo enólogo Eduardo Casademont e com uma proposta inovadora de redescobrir essa região, essa vinícola premiada como a melhor da Argentina em 2013 pela IWSC (International Wine & Spirit Competition), tem como objetivo produzir vinhos de qualidade e estilo internacional respeitando a natureza e aplicando práticas sustentáveis .O experiente enólogo Eduardo Casademont e sua equipe são os responsáveis pelos vinhos produzidos dentro do conceito de “harmonia viva”, respeitando com práticas sustentáveis e orgânicas o meio-ambiente e as pessoas, nos três principais vales da região: Tulum, Zonda e Pedernal.

Alma Mora Chic & Wild 2013 – elaborado com 50% Cabernet Sauvignon, 40% Malbec  e 10% Petit Verdot, a partir de vinhedos no Vale de Zonda, com   6 meses de  envelhecimento em madeira. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um vermelho e roxo profundo. Os aromas mostram frutas vermelhas (framboesa, cereja, amora), toques herbáceos, leve pimenta e baunilha. Na boca apresenta um bom corpo, com um frutado adocicado que se mistura aos taninos suaves e acidez equilibrada. Bom final frutado. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$ 43,00, aos membros do Bekaa Wine Club.

 

 

Publicado em: 19/05/2015

Degustação de Las Moras

 

Publicado em: 18/05/2015

Wetland Reserva Cabernet Sauvignon 2012

 

A Viña Ventisquero é velha conhecida do consumidor brasileiro que vem tomando normalmente  sua linha tradicional de vinhos. A linha de vinhos Yali foi introduzida no mercado nacional pela Domno do Brasil, empresa do grupo Famiglia Valduga, em 2010. A parceria das empresas trouxe ao País os rótulos Yali Wetland Cabernet Sauvignon/Carmènére, Yali Reserva Sauvignon Blanc, Yali Wetland Sauvignon Blanc, Yali Wetland Merlot, Yali Varietal Chardonnay, Yali Varietal Cabernet Sauvignon, Yali Reserva Pinot Noir, Yali Reserva Carmènére, Yali Gran Reserva Syrah, Yali Gran Reserva Cabernet Sauvignon, Yali Edição Limitada Carmènére.  Os rótulos elaborados no Chile e exportados para cerca de 30 países conquistaram o público brasileiro. Nos Estados Unidos,  Yali é líder de mercado e a Viña Ventisquero é a segunda em vendas. A filosofia “ecofriendly” do Yali também pegou na Inglaterra, onde a marca é uma das preferidas entre os consumidores. 

Wetland Reserva Cabernet Sauvignon 2012 – elaborado com 100% da cepa Cabernet Sauvignon, com amadurecimento de  6 meses em barricas de 3°, 4° e 5° usos. Teor Alcoólico de 13,5%. A coloração é de um vermelho rubi intenso e brilhante. Os aromas mostram frutas vermelhas (morango, framboesa, mirtilo e amora), notas de pimenta preta e suaves nuances de caramelo e chocolate. Na boca apresenta um bom volume, repetindo as sensações do olfato, com taninos suaves e bem integrados. Bom final com toque apimentado em meio às frutas. Avaliação: 88/100 Pontos. Preço: R$ 52,00, aos membros do Bekaa Wine Club.

 

Publicado em: 18/05/2015

Monte Velho Tinto 2013

 

A primeira colheita de Monte Velho data de 1990, lançada em 1992. Na época, foi criado um vinho que, tendo a mesma origem e filosofia que o Esporão Reserva, pudesse chegar a mais pessoas e transformar o consumo de vinho diário numa experiência. Passados mais de 25 anos, os vinhos Monte Velho são clássicos do Alentejo e embaixadores de Portugal um pouco por todo o mundo. Produzidos na Herdade do Esporão, Monte Velho Branco e Monte Velho Tinto refletem as características do seu terroir e do seu modo de produção, que segue os princípios da produção integrada, rigorosamente adotados pelo Esporão. Estas práticas sustentáveis, entre a quais a abolição do uso de pesticidas e herbicidas, são determinantes na qualidade e fertilidade dos solos, na capacidade de proteção natural da vinha e, consequentemente, na qualidade dos vinhos.

Monte Velho Tinto 2013  - elaborado com as castas Aragonez, Trincadeira, Touriga Nacional e Syrah, om um breve (06 meses) estagio em barricas (carvalho e inox).  Teor Alcoólico de 14 %. A coloração é de um vermelho rubi intenso, com muito brilho. Os aromas mostram bom frutado (frutas negras), toques herbáceos e terreosos, algo de  balsâmico. Na boca apresenta um corpo médio, com taninos suaves er bem integrados às frutas, acidez pontual e leve adstringência. Longo final com expressão da fruta. Avaliação: 87/100 Pontos. Preço: R$ 45,00, aos sócios do Bekaa Wine Club.

 

 

Per Bacco. Todos os direitos reservados.2015