Região:

min

max

Anuncie aqui

Estudo recente avalia os efeitos da dieta, estilo de vida, crononutrição na regulação da glicemia e resistência à insulina

Por Roberta Lara
(Atualizado em 03/08/2022 - 9h00)
Compartilhar

A dieta é considerada ponto-chave para a prevenção e tratamento do dismetabolismo da glicose e da resistência à insulina (RI). A vida moderna da população em geral vêm sendo caracterizada por: gasto energético diminuído, exposição a um ambiente alimentar “tóxico”, estilo de vida sedentário com maior tempo sentado em trabalhos, alto consumo de alimentos densos em energia, ocasiões e horários irregulares de alimentação, ausência de refeições, estresse psicológico crônico, alimentação emocional e consumo de alimentos no período noturno. Tal modo de vida desencadeia mecanismos desequilibrados como o desenvolvimento de resistência à insulina e modificações metabólicas em geral.

Um recente estudo feito por Papakonstantinou et al. (2022) realizou uma revisão sistemática que reuniu estudos sobre crononutrição e estilos de vida com foco no papel do ano no equilíbrio do metabolismo glicêmico.

A crononutrição é parte integrante do metabolismo, função pancreática e secreção hormonal. O consumo calórico e de carboidratos na hora do almoço e no início da tarde, com um jantar com menor teor de carboidratos parece desempenhar um papel importante na glicemia pós-piramidal e nos níveis de insulina.

Segundo os autores, a sequência de refeições e nutrientes também desempenha um papel significativo, pois alimentos de baixa densidade energética como vegetais, saladas ou sopas consumidos primeiro, seguidos por proteínas e depois por alimentos ricos em amido levam a respostas glicêmicas e insulínicas melhores.

Outro ponto em destaque que o estudo mostrou é que alimentos ou ingredientes alternativos, como uso de vinagre, iogurte, proteína de soro de leite, amendoim e nozes também devem ser considerados opções interessantes para melhorar a hiperglicemia pós-prandial e a resistência à insulina.

Sendo assim, reforça-se a importância de dar atenção aos horários de consumo alimentar ao longo do dia, bem como priorizar uma boa qualidade do sono, a fim e manter os níveis adequados de glicose e se manter saudável

 

Fonte

Papakonstantinou E, Oikonomou C, Nychas G, Dimitriadis GD. Effects of Diet, Lifestyle, Chrononutrition and Alternative Dietary Interventions on Postprandial Glycemia and Insulin Resistance. Nutrients. 2022 Feb 16;14(4):823.