Região:

min

max

Anuncie aqui

Mel e inverno: entenda o poder desse alimento na imunidade

Por Roberta Lara
(Atualizado em 27/05/2022 - 9h00)
Compartilhar

O frio está chegando, e com ele aumenta-se a susceptibilidade de desenvolvimento de infecções respiratórias, gripes e resfriados. Por isso, precisamos cuidar da IMUNIDADE.

Você sabia que a nutrição integrada é parte essencial do cuidado com o corpo nesses dias? O sistema imunológico precisa de uma harmonia de fatores nutricionais, nutrientes e outros componentes importantes para desempenhar suas funções. Alguns alimentos possuem um papel imunomodulador mais eficiente do que outros, como o caso do mel e de sua associação com o extrato de própolis.

A composição do mel

Hoje encontramos em torno de 300 tipos de mel na natureza. Cerca de 95-97% do seu peso é composto por carboidratos. Contudo, ele apresenta um bom perfil fitoquímico, como uma concentração significativa de flavonóides, polifenóis, glicosídeos, vitaminas e minerais.

Foto: Bermix Studio/Unsplash

 

Por que associar o mel com o própolis para a imunidade?

O mel possui em sua composição frutose, flavonóides, polifenóis e ácidos orgânicos que desempenham um papel importante para manter sua qualidade sensorial e suas propriedades à saúde. É considerado um natural terapêutico para diferentes aplicações, inclusive a imunidade.

O extrato de própolis, conhecido como uma substância resinosa acumulada pelas abelhas de diferentes tipos de plantas, apresenta extratos fenólicos que atuam como coadjuvantes no tratamento de diversas doenças graças às propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas e imunomoduladoras.

O uso de mel com o própolis no dia a dia, sobretudo nas baixas temperaturas, mostra-se eficaz para promover um efeito positivo na imunidade e na inflamação.

Como consumir mel e própolis? Faça todos os dias um shot matinal com 1 colher de mel, 10 gotas de extrato de própolis verde, 1 limão e uma pitada de cúrcuma em pó.