Região:

min

max

Anuncie aqui

Pedra Grande: destino para contemplar e se aventurar em Atibaia

Por Mariana Dias
(Atualizado em 17/06/2022 - 15h24)
Compartilhar

Em outubro de 2021 eu fui com um grupo de amigos conhecer o Monumento Natural Estadual da Pedra Grande. A Pedra Grande é uma unidade de conservação brasileira de proteção à natureza e é o principal ponto turístico da cidade de Atibaia-SP. São mais de 3 mil metros de extensão e 1418 metros de altitude proporcionando uma vista maravilhosa. (Clique aqui para ver a vista em 360º)

Saímos de Sorocaba de manhã, por volta das 7h. O ideal é ir cedo, pois a viagem dura mais ou menos 2 horas e meia até lá. Fomos em dois carros que não são 4×4 e conseguimos subir até a pedra sem muitos problemas, mas exige um esforço do veículo e um bom motorista. Também há a possibilidade de parar o carro lá embaixo e fazer a maior parte do percurso a pé. Chegando lá, descemos do carro para apreciar a vista, tirar muitas fotos e fazer algumas trilhas no local.

Além de toda a beleza natural, a possibilidade de unir um passeio incrível com a prática de atividades físicas sempre me agrada. É impossível ficar parado por lá. A Pedra Grande é enorme (risos!) e eu recomendo muito explorar bastante a pé. O nível de dificuldade é intermediário. Cansa um pouco, pois há algumas subidas, mas a vista de cada um dos pontos é diferente e vale a pena o esforço.

Ao lado da Pedra Grande há uma pequena trilha que leva até a Pedra Rachada que também é muito bonita e rende boas fotos. Vale a pena aproveitar e já conhecer também.

Vá com uma roupa bem confortável, de tênis, e não esqueça de levar água, lanchinhos e protetor solar, pois conforme o dia vai passando o sol fica bem forte. Também é recomendado levar uma blusa de frio, mesmo com sol pode ventar bastante por ser muito alto. Ah, e também é sempre importante verificar a previsão do tempo, porque o passeio não rola com chuva!

Tinha bastante gente quando eu fui, mas nada que impedisse aproveitar o local com calma. Dá pra levar crianças, pessoas mais velhas, é um passeio para toda a família. Há ainda a possibilidade de fazer esportes radicais por lá, mas não fiz nada quando fui. Para isso, é preciso entrar em contato com empresas locais especializadas.

E aí é só curtir tudo sem pressa. É um local para contemplar, cansar com as caminhadas, mas parar para descansar, também, somente apreciando toda a beleza do local. Fica a dica de mais um local lindo para visitar.