Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 10 de maio de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 10/05/2022 - 10h21)
Compartilhar

Dados de fechamento em 09/05/2022 (segunda-feira)

Ibovespa: queda de 1,79% aos 103.250 pontos.
Dólar Comercial de Venda: alta de 1,60% a R$ 5,156.

Mercado Cambial:
Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:
• Segunda-feira (9): +1,60% a R$ 5,156
• Semana: +1,60%
Segue a cotação diária do Euro (comercial de venda) no fechamento:
• Segunda-feira (9): +1,72% a R$ 5,445
• Semana: +1,72%

Mercado Acionário:
Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:
• Segunda-feira (9): -1,79% (103.250 pontos)
• Semana: -1,79%
• 2022: -0,44%

Cenário
O Ibovespa fechou a sessão desta segunda-feira (9) em queda de 1,79%, aos 103.250 pontos e já passa a acumular um resultado negativo de 0,44% em 2022. A movimentação financeira para o índice foi de R$ 29,16 bilhões.
Na agenda da semana, as atenções estarão voltadas para o IPCA de abril, inflação oficial, que sai na quarta (11).
Também por aqui saem as vendas no varejo (hoje) e a Pesquisa Mensal de Serviços (quinta), do IBGE. Ontem foi divulgado o IPC-S, da FGV, que manteve o viés de desaceleração e fechou em 0,83% na primeira quadrissemana de maio. O índice fechou em 1,08% na última medição de abril.
Com agenda de indicadores razoavelmente tranquila, as atenções seguem aos pronunciamentos das autoridades dos bancos centrais – tanto de Brasil quanto de EUA (que afetam diretamente os mercados emergentes, como o Brasil, com redução de liquidez). Hoje sai a ata da última reunião do Copom. Vale lembrar que, na semana passada, o Copom elevou a Selic a 12,75% ao ano, deixando “no ar” um outro avanço para junho, de menos de 1 ponto percentual.
Nos EUA, é aguardado um novo aumento de pelo menos 0,5 ponto percentual, com juros chegando próximo a 3% no final do período. Com isso, o diferencial de juros entre Brasil e EUA se torna menos interessante e uma migração para os papéis do tesouro americano deve ser sentida.
Destaque na semana para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC ou CPI na sigla em inglês) dos EUA, na quarta. Ele pode elevar a pressão sobre o Fomc, comitê de política monetária do Fed, banco central americano, que subiu os juros em 0,5 ponto percentual na semana passada, já se comprometendo por outro aumento similar em junho. No entanto, o mercado já começa a voltar a falar em 0,75 p.p. de alta, se a inflação não ceder.
Na China, o superávit comercial foi de US$ 51,1 bilhão em abril, acima do esperado (US$ 50,3 bi). As exportações crescem 3,9% na comparação anual e as importações ficaram estáveis e superam projeção de queda de 3%.

Principais eventos e indicadores (semana de 09/05 a 13/05):
– Terça-feira (10): Ata do Copom (BRA). Vendas do Varejo (BRA). Produção de Veículos (BRA). IPC (CHI).
– Quarta-feira (11): IPC (EUA). IPCA (BRA). Fluxo Cambial (BRA).
– Quinta-feira (12): Crescimento do Setor de Serviços (BRA). Pedidos Contínuos de Desemprego (EUA).
– Sexta-feira (13): IBC-Br (BRA).

* devido a greve do Bacen não será divulgado.

 

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start.

 

Os comentários estão desativados.