Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 17 de maio de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 17/05/2022 - 14h20)
Compartilhar

Dados de fechamento em 16/05/2022 (segunda-feira)

 

Ibovespa: alta de 1,22% aos 108.232 pontos.

Dólar Comercial de Venda: queda de 0,12% a R$ 5,051.

 

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (16): -0,12% a R$ 5,051
  • Semana: -0,12%

 

Segue a cotação diária do Euro (comercial de venda) no fechamento:

  • Segunda-feira (16): +0,15% a R$ 5,27
  • Semana: +0,15%

 

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (16): +1,22% (108.232 pontos)
  • Semana: +1,22%
  • 2022: +5,11%

 

Cenário

O Ibovespa fechou a sessão de na segunda-feira (16) em alta de 1,22%, aos 108.232 pontos. A movimentação financeira diária foi de R$ 24,15 bilhões.

Serão poucos os indicadores relevantes da semana, o que coloca ainda mais peso nas especulações quanto à subida de juros, tanto no Brasil quanto nos EUA. Por aqui, a expectativa é de alta de 0,5 p.p. na Selic na reunião do Copom em 14 e 15 de junho, e mais 0,5 p.p. em agosto – com taxa de juros alcançando 13,75% ao ano. Nos EUA, também é aguardada subida de 0,5 p.p. em junho – mas, por lá, ainda vive o início do ciclo de alta de juros.

Os dois movimentos indicam para o investidor que a hora é mesmo de focar na renda fixa e aguardar queda na bolsa, devido à saída dos estrangeiros, que devem migrar para os papéis do tesouro americano, papel mais seguro do mundo.

Paralelamente, seguem as especulações sobre possíveis interferências na política de preços da Petrobras, após Adolfo Sachsida assumir como ministro de Minas e Energia.

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor – Semanal) manteve o viés de desaceleração e fechou em 0,41% na segunda quadrissemana de maio.

A produção industrial chinesa caiu 2,9% em abril, na comparação anual. A expectativa era por alta de 0,4%. As vendas no varejo caíram 11,1%, ante expectativa de queda de 6,1% e leitura anterior de queda de 3,5%. Os resultados devem impactar os preços das commodities.

Apesar dos dados ruins, o banco central da China (PBoC) manteve suas taxas de juros referenciais inalteradas. Mas reduziu o limite mínimo de taxas de hipoteca para compradores do primeiro imóvel, a fim de estimular o mercado imobiliário. Também por lá, Xangai anunciou a reabertura gradual do comércio.

Na zona do euro, a balança comercial registrou déficit de 16,4 bilhões de euros em março, um recorde na série histórica iniciada em 1999.

Paralelamente, seguem as negociações entre Elon Musk e Twitter, depois que o acordo de compra da empresa foi “temporariamente suspenso”. Em novo episódio, o jurídico do Twitter acusa Musk de violar a confidencialidade sobre bots. O bilionário revelou que o tamanho da amostra para as verificações da rede social sobre usuários automatizados era de 100. O mercado avalia que Musk busca mesmo é renegociar o preço ofertado (de US$ 44 bilhões).

 

Principais eventos e indicadores (semana de 09/05 a 13/05):

– Terça-feira (17): IGP-10 (BRA). Vendas do Varejo (EUA). Produção Industrial (EUA).

– Quarta-feira (18): Fluxo Cambial (BRA).  Estoques de Petróleo (EUA).

– Quinta-feira (19): Pedidos de Auxílio Desemprego (EUA).

– Sexta-feira (20): Receita Tributária Federal (BRA).

* devido à greve do Bacen não devem ser divulgados

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start.