Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 20 de setembro de 2022

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 20/09/2022 - 8h12)
Compartilhar

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (19): -1,79%, a R$ 5,1652
  • Semana: -1,79%

 

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (19): +2,33%, aos 111.823 pontos
  • Semana: +2,33%

dólar fechou em baixa de 1,79%, a R$ 5,1652. Ao longo do dia a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,1435 e a máxima de R$ 5,3027.

Ibovespa fechou com alta de 2,33%, aos 111.823 pontos. Durante o dia, o índice norte-americana oscilou entre a mínima de 108.507 pontos e a máxima de 111.975 pontos. O volume financeiro do dia foi de R$ 28,7 bilhões.

O bom desempenho do Ibovespa tem relação com a alta das ações da Petrobrás e de companhias mineradoras e bancos.

O Boletim Focus trouxe nova projeção de queda da inflação para este ano: de 6,40% para 6%. É a décima segunda queda consecutiva para o dado.

A expectativa para o Produto Interno Bruto (PIB) também foi revisada, mas para cima: de 2,39% para 2,65%. Quanto à Selic, a projeção permanece igual: 13,75%.

A taxa básica de juros, por sinal, é o grande destaque da semana. Amanhã, quarta-feira (21), Brasil e EUA emitem nova decisão de política monetária.  E, apesar de a opinião dominante ser a de que a Selic já alcançou seu teto e deve ser mantida em 13,75%, parte do mercado vislumbra um último ajuste, de 0,25 ponto porcentual.

As bolsas na Europa fecharam mistas por conta de decisões monetárias esta semana, como o Federal Reserve (FED), na quarta-feira (21) e do Bank of England, no dia posterior. Já nos EUA, o dia foi de alta.

O Fomc, comitê de política monetária do Federal Reserve (Fed), banco central americano, também se reúne nos dias 20 e 21 e deve elevar os juros em 0,75 ponto porcentual.

Na última semana, a divulgação de dados mistos de inflação reforçou as incertezas sobre os próximos passos do comitê.

Vale lembrar que a inflação ao consumidor dos EUA (CPI na sigla em inglês) causou surpresa no mercado com alta de 0,1% quando se esperava uma deflação de 0,1%. Já a inflação ao produtor registrou deflação de 0,1%, em linha com o consenso do mercado.

 

Calendário Econômico:

 

Terça-feira (20)

Brasil

  • FGV: IGP-M (2ª prévia) (set)
  • CNI: Sondagem da Indústria da Construção

Alemanha

  • Índice de preços ao produtor (ago)

Área do Euro

  • Transações Correntes (jul)

Argentina

  • PIB (2º tri.)

 

Quarta-feira (21)

Brasil

  • BCB: Fluxo Cambial (semanal)
  • Banco Central anunciará decisão de política monetária

EUA

  • Vendas de Moradias Usadas (ago)
  • Banco Central anunciará decisão de política monetária

 

Quinta-feira (22)

Brasil

  • CNI: Resultados Setoriais (set)

Reino Unido

  • Banco Central anunciará decisão de política monetária

Área do Euro

  • Confiança do Consumidor (set) – prévia

EUA

  • Transações Correntes (2º. Tri)
  • EUA: Pedidos de auxílio desemprego (semanal)

 

Sexta-feira (23)

Brasil

  • FGV: IPC-S (semanal)

Alemanha

  • Índice PMI S&P Global composto (set) – preliminar

Área do Euro

  • Índice PMI S&P Global composto (set) – preliminar

Reino Unido

  • Índice PMI S&P Global composto (set) – preliminar

EUA

  • Índice PMI S&P Global composto (set) – preliminar

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start, e-investidor