Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim econômico: 28 de março de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 19/04/2022 - 12h34)
Compartilhar

Dados de fechamento em 26/03/2022 (sexta-feira):

 

Ibovespa: alta de 0,02% aos pontos 119.081 pontos.

Dólar Comercial de Venda: queda de 1,75% a R$ 4,74.

 

Ibovespa encerrou a sessão de sexta-feira (25) em alta de 0,02%, aos 119.081 pontos. No mesmo sentido, o acumulado semanal do índice fechou positivo em 3,27%. A movimentação financeira para hoje no índice foi de R$ 30,59 bilhões.

 

Mercado Acionário:

O Ibovespa, principal índice da B3, a bolsa brasileira, fechou sexta-feira (25) em leve alta de 0,02%. Na semana acumulou alta de 3,27%. No ano o Ibovespa acumula alta de 6,50%. Abaixo cotações de fechamento:

  • Segunda-feira (21): +0,73% (116.154 pontos)
  • Terça-feira (22): +0,96% (117.272 pontos)
  • Quarta-feira (23): +0,16% (117.457 pontos)
  • Quinta-feira (24): +1,36% (119.052 pontos)
  • Sexta-feira (25): +0,02% (119.081 pontos)
  • Semana: +3,27%
  • Em 2022: +6,50%

 

 

Mercado Cambial:

O dólar fechou sexta-feira (25) em queda de 1,75%, sendo negociado a R$ 4,7473. No acumulado da semana, a moeda norte-americana encerrou a semana com uma retração de 5,41%.

  • Segunda-feira (21): -1,42%, a R$ 4,9445
  • Terça-feira (22): -0,59%, a R$ 4,9152
  • Quarta-feira (23): – 1,43%, a R$ 4,8438.
  • Quinta-Feira (24): – 0,25% a R$ 4,8320
  • Sexta-feira (25): -1,75%, a R$ 4,7473
  • Semana: – 5,41%

 

 

Mercado de Criptomoedas

As principais criptomoedas fecharam na sexta-feira (25) com as seguintes cotações:

  • Bitcoin: +3,23% a R$ 211.105,38
  • Ethereum: +2,18% a R$ 14.785,94
  • Tether: +1,86% a R$ 4,75
  • XRP: -0,23% a R$ 3,92
  • Binance: +1,21% a R$ 1.951,89

 

 

Na sexta-feira (25) foi divulgado o  IPCA-15, prévia da inflação divulgada pelo IBGE, que apontou alta de 0,95% em março, 0,04 ponto percentual abaixo de fevereiro, mas ainda assim a maior variação para um mês de março desde 2015 (1,24%). Em 12 meses, o IPCA-15 soma 10,79%. Alimentos e bebidas representaram o maior impacto no indicador.

 

Ainda sobre o tema, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em coletiva sobre os resultados do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), voltou a afirmar que o Copom enxerga um cenário-base de inflação chegando ao topo de 10,6% no primeiro trimestre do ano, caindo para 6,3% até dezembro. E que, neste cenário, a Selic a 12,75% (dos atuais 11,75%) seria suficiente para ancorar as expectativas de inflação. Vale lembrar que, ainda assim, a inflação estaria acima do limite superior do intervalo de tolerância (5%) da meta (3,50%). A projeção representa aumento de 0,9 ponto porcentual em comparação com o relatório anterior, sendo que pressão inflacionária decorre, principalmente, do preço dos combustíveis devido à alta do petróleo. A projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2022 foi mantida em 1%.

 

Já a Confiança do Consumidor, da FGV, caiu 3,1 pontos em março, para 74,8 pontos.

 

Ficar de olho:

– Hoje (28): Dados do emprego: CAGED (BRA). Investimentos Estrangeiros Direto (BRA); Boletim Focus (BRA).

– Terça-feira (29): Confiança do Consumidor (EUA).

– Quarta-feira (30): IGP-M (BRA); PIB trimestral (EUA). PMI (índice de Compras) (CHI).

– Quinta-feira (31): Taxa de Juros Longo Prazo (BRA); Taxa de Desemprego (BRA); Pedidos de Auxílio Seguro-Desemprego (EUA); Dados da Dívida Pública (BRA).

– Sexta-feira (01): Produção Industrial (BRA); Payrool (EUA); Balança Comercial (BRA).

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.