Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 28 de julho de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 28/07/2022 - 13h04)
Compartilhar

Dados de fechamento em 27/07/2022 (terça-feira)

 

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (18): -2,35%, a R$ 5,3697
  • Terça-feira (26): -0,38%, a R$ 5,3492
  • Quarta-feira (27): -1,84%, a R$ 5,2509
  • Semana: -4,60%

 

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (25): +1,36% aos 100.269 pontos
  • Terça-feira (26): -0,50% aos 99.771 pontos
  • Quarta-feira (27): +1,67% AOS 101.437 pontos

 

Cenário:

Ibovespa fechou com alta de 1,67% aos 101.437 pontos. Ao longo do dia a bolsa oscilou entre 99.771 e 101.471 pontos. O volume financeiro registrado no dia foi de R$ 18,7 bilhões.

dólar fechou em baixa de 1,84%, a R$ 5,2509. Ao longo do dia a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,2428 e a máxima de R$ 5,3504.

Repercutiu ainda a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação, que apresentou recuo e veio abaixo da expectativa do mercado (alta de 0,13%, ante expectativa de 0,16%).

Na terça-feira (26), o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil a 1,7%, de 0,8% em 2022. Para 2023, a instituição revisou para baixo o crescimento do país, a 1,1%, de 1,4% de antes. Ainda assim, apesar de 2022 ter sido a maior revisão para cima anunciada pelo FMI, o país vai crescer menos do que a média mundial e pares emergentes.  Em relação ao PIB global, o Fundo cortou a projeção de alta de 3,6% para 3,2%. Para 2023, passou a 2,9%, de 3,6%.

O tema de ontem, quarta-feira (27), foi a decisão de juros nos Estados Unidos. O Federal Reserve (Fed) decidiu elevar em 0,75 ponto percentual, confirmando as expectativas do mercado, para o intervalo entre 2,25% a 2,50% ao ano. A decisão foi tomada de forma unânime pelo colegiado. Esta é a quarta vez no ano que o banco central dos EUA eleva os juros.

De acordo com o relatório da autoridade monetária, o colegiado informou que está fortemente comprometido a reduzir inflação para 2% e, para isso, continuará reduzindo suas participações em títulos do Tesouro e dívida de agências e títulos lastreados em hipotecas de agências, conforme descrito nos Planos para Redução do Tamanho do Balanço do Federal Reserve, emitidos em maio.

No Brasil, a confiança da indústria caiu 1,7 ponto em julho, interrompendo sequência de três altas consecutivas, segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Trata-se do Índice de Confiança da Indústria (ICI) do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da FGV, e o referido recuo posiciona o ICI em 99,5 pontos, após três altas consecutivas. Na métrica de médias móveis trimestrais o índice ainda avança, em 0,7 ponto.

 

Principais eventos e indicadores:

Quinta-feira (25)

  • Desemprego em maio (PNAD Contínua), IBGE;
  • Caged de maio;
  • Resultado Primário em abril;
  • PIB dos EUA em maio;
  • Taxa de desemprego no Japão em maio.
  • Pedidos de Auxílio Desemprego nos EUA.

 

Sexta-feira (26)

  • Confiança do consumidor da Zona do Euro;
  • IGP-M de maio, FGV;
  • Estoque de crédito em maio;
  • Produção industrial e vendas no varejo no Japão;

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start.