Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 4 de julho de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 04/07/2022 - 10h30)
Compartilhar

Dados de fechamento em 01/07/2022 (sexta-feira)

 

Ibovespa: alta de 0,42% aos 98.954 pontos.

Dólar Comercial de Venda: alta de 1,65% a R$ 5,3212.

 

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (27): -0,35%, a R$ 5,2344
  • Terça-feira (28): +0,60%, a R$ 5,2660
  • Quarta-feira (29): -1,39%, a R$ 5,1930
  • Quinta-feira (30): +0,80%, a R$ 5,2348

 

No mês de junho: +10,03%

  • Sexta-feira (1°): +1,65%, a R$ 5,3212
  • Semana: +1,31%

 

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (27): +2,12% aos 100.763 pontos
  • Terça-feira (28): -0,17% aos 100.591 pontos
  • Quarta-feira (29): -0,96% aos 99.621 pontos
  • Quinta-feira (30): -1,08% aos 98.541

 

No mês de junho: -11,50%

  • Sexta-feira (1°): +0,42% aos 98.954 pontos
  • Semana: +0,29%

 

Cenário:

O Ibovespa sexta-feira (1°) fechou em alta de 0,42%, aos 98.953 pontos. Ao longo do pregão do dia o índice oscilou entre 97.231 pontos, na mínima, e 99.339 pontos, na máxima. O volume financeiro registrado foi de R$ 28,8 bilhões e na semana, a bolsa acumulou alta de 0,29%.

Foi divulgado o Índice de Preços ao Produtor (IPP), que subiu 1,83% em maio ante abril, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a pesquisa, o acumulado no ano atingiu 9,06% e o acumulado em 12 meses chegou a 19,15%. Em maio, das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços.

Os dados mostram ainda que o Índice de Preços ao Produtor (IPP) das Indústrias Extrativas e de Transformação mede os preços de produtos “na porta de fábrica”, sem impostos e fretes, e abrange as grandes categorias econômicas: bens de capital, bens intermediários e bens de consumo (duráveis, semiduráveis e não duráveis).

Já o Índice de Confiança Empresarial (ICE) subiu 1,4 ponto em junho, para 98,8 pontos, maior nível desde outubro do ano passado (100,4 pts.). A Fundação Getúlio Vargas (FGV) destacou que com o resultado, o indicador registra um crescimento acumulado de 7,0 pontos no segundo trimestre de 2022, após recuar 8,2 pontos nos dois trimestres anteriores.

Entre os índices, a inflação subiu 0,67% na quarta quadrissemana de junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S).

O Instituto Brasileiro de Economia –  (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV), destacou que o IPC-S já acumula alta de 10,31% nos últimos 12 meses.

Ainda repercutiu a aprovação da chamada PEC dos benefícios no Senado, com aumento do Auxílio Brasil para R$ 600, vale-caminhoneiro de R$ 1 mil, vale-gás e vale-taxista – incluído de última hora (ao custo total de R$ 2 bilhões, mas sem especificar quanto cada trabalhador irá receber). Agora, o texto segue para a Câmara.

O valor total do pacote de benefícios será de R$ 41,2 bilhões, acima dos R$ 38 bilhões previstos anteriormente. A decretação de estado de emergência terá validade apenas para os itens já na PEC, sem possibilidade de inclusões futuras, o que era uma das reinvindicações da oposição.

A aprovação da PEC no Senado se dá a 90 dias das eleições e o dispositivo do estado de emergência blinda o presidente Jair Bolsonaro de contestações por descumprir a lei eleitoral.

Em indicadores, destaque para a Pnad Contínua, divulgada na quinta (30), que apontou que a taxa de desemprego recuou de 10,5% para 9,8% no trimestre finalizado em maio, sendo a menor taxa para o período desde 2015. O resultado veio melhor do que a expectativa do mercado, que era por 10,2%.

Destaque nesta sexta-feira (1°) ficou para os PMIs industriais, Índice dos Gerentes de Compras.  Nos Estados Unidos, o PMI do país recuou ao nível mais baixo desde julho de 2020. Os dados apontam que o setor manufatureiro do país sinalizou alguma melhoria nas condições de operação durante o mês de junho. Porém, não foi o suficiente. O relatório mostra que o PMI industrial medido pela S&P caiu a 52,7 pontos, menor nível em dois anos

Na zona do euro, o PMI industrial ficou em 52,1 pontos, pouco acima da projeção de 52, mas com queda em relação à leitura anterior, de 54,6. Ainda assim, acima dos 50 pontos, que separam crescimento de retração da atividade.

Na China, o PMI industrial foi de 51,7, acima da projeção de 50,1 e da prévia de 48,1. Hoje ainda sai o resultado dos EUA.

Quanto à inflação, a alta de preços na zona do euro atingiu novo recorde em junho: 8,6% na comparação anual. O índice reflete os impactos da guerra entre Rússia e Ucrânia. A expectativa era por 8,4%.

 

Principais eventos e indicadores (semana de 04/07 a 08/07):

  • Segunda-feira (4): Boletim Focus (BRA)*. Feriado nos Estados Unidos – Dia da Independência (EUA). PMI Serviços (CHI). IPC-Fipe (BRA). Balanço Orçamentário (BRA)
  • Terça-feira (5): Produção Industrial (BRA). PMI Serviços (BRA).
  • Quarta-feira (6): PMI Serviços (EUA). Fluxo Cambial (BRA). Ata Reunião Fomc (EUA).
  • Quinta-feira (7): Pedidos de Auxílio Desemprego (EUA). IGP-DI (BRA). Vendas do Varejo (BRA).
  • Sexta-feira (8): IPCA (BRA). Taxa de Desemprego (EUA). IPC (CHI).

*Incerta divulgação devido a greve dos servidores do Banco Central

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start.