Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 6 de julho de 2022

Confira o resumo do mercado financeiro

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 06/07/2022 - 8h12)
Compartilhar

Dados de fechamento em 05/07/2022 (terça-feira)

 

Ibovespa: queda de 0,32% aos 98.394 pontos.

Dólar Comercial de Venda: alta de 1.19% a R$ 5,3893.

 

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (4): +0,08%, a R$ 5,3257
  • Terça-feira (5): +1,19%, a R$ 5,3893
  • Semana: +1,27%

 

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (4): -0,35%, a R$ 5,3257
  • Terça-feira (5): -0,32% aos 98.294 pontos

 

Cenário:

Ibovespa fechou com queda de 0,32% aos 98.294 pontos. Ao longo do dia, oscilou entre 96.499 pontos e 98.607. O volume financeiro registado no dia foi de R$ 26,2 bilhões.

Já o dólar hoje fechou em alta de 1,19%, a R$ 5,3893. Ao longo do dia a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,3495 e a máxima de R$ 5,4040.

O destaque nesta terça-feira ficou para a Produção Industrial de maio, que subiu 0,3% na passagem de abril para maio, quarto resultado positivo consecutivo. A expectativa era por alta de 0,6%.  A Confederação Nacional da Indústria informou que há um movimento de recuperação parcial da indústria em maio deste ano. Isso porque a instituição é responsável pelo levantamento Indicadores Industriais, cuja edição desta data mostra que o faturamento real da indústria de transformação registrou o maior patamar no ano de 2022 ao subir 1,8% em relação a abril.

O indicador mais aguardado vem na sexta-feira: o IPCA, inflação oficial, que segundo estimativas deve acelerar para 0,71%, ante 0,47% do mês anterior, repercutindo impactos da mudança na bandeira de conta de luz, mas com reajuste dos planos de saúde. Segundo o último relatório de inflação do Banco Central, a projeção para o IPCA em 2022 é de 8,8% ao ano, depois de atingir um pico de 12% ao ano no segundo trimestre de 2022. Vale lembrar que o limite superior do intervalo de tolerância é 5% (a meta é 3,5%). Ou seja, novamente a inflação deve estourar a meta estipulada pelo BC.  Já para 2023, a inflação projetada cai para 4%. E, em 2024, para 2,7%. As metas para esses anos são 3,25% e 3%, respectivamente, e as expectativas seguem, portanto, ainda sem estourar o teto de tolerância. Neste cenário, é possível projetar alta de 0,5 ponto porcentual da Selic, taxa básica de juros, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), levando a Selic para 13,75%. Depois, a taxa deve ser mantida nesse patamar pelo menos até abril de 2023. Para só então iniciar um ciclo de queda de juros.

O mercado seguiu de olho também na votação da PEC dos benefícios sociais (apelidada de PEC “das bondades”) na Câmara. É cogitada a inclusão de um auxílio-gasolina para os motoristas de aplicativo, subindo o custo do pacote para R$ 50 bilhões (atualmente, está em R$ 41,2 bilhões). Até o fechamento desta edição, a matéria ainda não havia sido votada. A medida, no entanto, é criticada pela falta de cadastro oficial da categoria. Além disso, obrigaria a uma nova votação no Senado com a alteração do texto, o que atrasaria a implantação das medidas. Vale lembrar que a PEC aumenta o Auxílio Brasil para R$ 600 e confere vale de R$ 1 mil aos caminhoneiros, além de um auxílio aos taxistas até dezembro.

Outra notícia importante foi o anúncio do fim da greve dos servidores do Banco Central brasileiro;

No exterior, a China e EUA discutem as sanções econômicas e as tarifas impostas durante o governo de Donald Trump. Os EUA podem reverter algumas delas, o que traz alívio para os investidores globais.

Nos EUA, seguiram as preocupações com a escalada da inflação e o risco de recessão, caso do Federal Reserve acelere demais a subida de juros. Será divulgado a ata do Fomc, comitê de política monetária do país, que em sua última reunião acelerou os juros em 0,75 ponto porcentual, o que não acontecia por lá desde 1994.

Principais eventos e indicadores:

  • Quarta-feira (06): PMI Serviços (EUA). Fluxo Cambial (BRA). Ata Reunião Fomc (EUA).
  • Quinta-feira (07): Pedidos de Auxílio Desemprego (EUA). IGP-DI (BRA). Vendas do Varejo (BRA).
  • Sexta-feira (08): IPCA (BRA). Taxa de Desemprego (EUA). IPC (CHI).

 

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start.