Região:

min

max

Anuncie aqui

Boletim Econômico: 8 de setembro de 2022

Por Reinaldo Cafeo
(Atualizado em 08/09/2022 - 9h10)
Compartilhar

Mercado Cambial:

Abaixo a cotação de fechamento diário do Dólar comercial de venda:

  • Segunda-feira (5): -0,59%, a R$ 5,1540
  • Terça-feira (6): +1,63%, a R$ 5,2381
  • Semana: +1,04%

Mercado Acionário:

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • Segunda-feira (5): +1,21%, aos 112.203 pontos
  • Terça-feira (6): -2,17%, aos 109.763 pontos

 

dólar na terça-feira (06), véspera do feriado, fechou em alta de 1,63%, a R$ 5,2381. Ao longo do pregão a divisa norte-americana oscilou entre R$ 5,1648 e R$ 5,2508.

O Ibovespa fechou em queda de 2,17%, aos 109.763 pontos.

Na semana, o destaque é o IPCA, inflação oficial, que sai na sexta (9), com projeção de recuo de 0,39%, influenciado pelos impactos remanescentes das mudanças nos tributos estaduais e federais e pelo reajuste da Petrobras nos preços dos combustíveis.

O dia é de agenda esvaziada no Brasil, em véspera de feriado com repercussão da fala de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, que afirmou que o combate à inflação ainda não foi vencido no Brasil.

Ele afirmou que o BC não pensa em corte de juros para agora e avalia aumento adicional da Selic na reunião de 21 de setembro – como a última ata do Copom já havia afirmado.

O mercado segue projetando Selic estável em 13,75%, como indicou o Boletim Focus de segunda-feira, mas a fala de Campos Neto pode mexer com as projeções.

Quanto ao dólar, o banco BTG Pactual (BPAC11) divulgou um relatório em que sinaliza as tendências até o fim do ano.  Para o banco, a moeda norte-americana deve chegar a R$ 5,20, em um cenário de juros altos tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. Com isso, o documento aponta que a expectativa para os próximos três meses é de uma deterioração do real.

O pano de fundo dessa análise é, principalmente, o ciclo de alta nas taxas de juros. Por aqui, no entanto, o ciclo de ajuste altista na taxa Selic parece ter chegado ao fim, mas o balanço de riscos para a inflação segue assimétrico.

No exterior, o PMI de Serviços dos EUA recuou a 43,7 em agosto ante 47,3 de julho, conforme levantamento da S&P Global. Trata-se do Índice Gerente de Compras.

De acordo com o relatório encaminhado ao mercado, os dados mais recentes sinalizaram uma queda acentuada na produção, configurando a queda mais rápida na atividade desde maio de 2020.

O documento elenca, ainda, que os dados da pesquisa de agosto sinalizaram um declínio acentuado e mais rápido na atividade empresarial em todo o setor de serviços dos EUA.

 

Calendário Econômico:

Quinta-feira (08/09)

Brasil

FGV: IPC-S (semanal)

FGV: IGP-DI (ago)

IBGE: Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (ago)

BCB: Índice Commodities Brasil (IC-Br) (ago) Área do Euro

Banco Central anunciará decisão de política monetária

EUA

Pedidos de auxílio desemprego (semanal)

China

Índice de preços ao consumidor (ago)

Índice de preços ao produtor (ago)

 

Sexta-feira (09/09)

Brasil

IBGE: Pesquisa Industrial Mensal – Regional (jul)

IBGE: IPCA (ago)

 

Fontes: infomoney, queroinvestir, investing, start, e-investidor