Região:

min

max

Anuncie aqui

O desafio é ser contemporâneo

Por Victor Trujillo
(Atualizado em 08/08/2022 - 12h40)
Compartilhar

Nesta semana vamos falar sobre a iniciativa do Walmart de vender produtos refurbished para ajudar os consumidores americanos a economizar em tempos de inflação (a mais alta em quatro décadas por lá) e PIB em declínio no segundo semestre consecutivo nos EUA.

Lançado na semana passada, o programa Walmart Restored que tem o apelo de “Good as new” ou “bom como novo” na tradução livre é uma iniciativa que o Walmart declara ter criado para ajudar os clientes a descobrir produtos recondicionados a preços baixos todos os dias.

A estratégia do Walmart é fazer parte da solução e se colocar do lado dos seus clientes. E falando do mercado americano, não há ninguém melhor em se adaptar para atender às necessidades em evolução de seus clientes do que o Walmart.

Desde 2020 o marketplace do Walmart já listava produtos pre-owned, fruto de uma parceria com a thredUP, o maior site de roupas de segunda mão do mundo.

E se em 2022 o bolso do consumidor americano encolheu e os preços dos produtos subiram, mesmo assim o consumidor ainda precisará substituir um eletrodoméstico que parou de funcionar. Agora ele terá a opção de comprar um produto seminovo das marcas Apple, Samsung e KitchenAid com a garantia de 90 dias oferecida pelo Walmart.

Eu já escrevi nesta coluna (Leia: Sextou, bebê. Receba!):

O principal desafio do executivo de Marketing é ser contemporâneo. Adivinhar o futuro é fácil, explicar o que já aconteceu também. Difícil mesmo é decifrar o que está acontecendo hoje, perceber como o consumidor está se sentindo e por que ele está decidindo agir desta maneira. 

O brechó virou recommerce

Tendência global, a economia circular é um conceito que veio para ficar e mais e mais consumidores estão fazendo escolhas de consumo sustentáveis (Leia: O Marketing Verde). O tradicional brechó que vende produtos de segunda mão também inaugurou sua versão online: aí surgiu o termo recommerce, para designar a compra e venda de produtos online de segunda mão. OLX, Enjoei e MercadoLivre lideram a lista dos preferidos dos brasileiros.

Antes do recommerce

Localizada em Votorantim-SP a MicroExato – mais nova aquisição do musculoso Grupo Selbetti – há duas décadas iniciou comercializando hardware seminovo das marcas HP, Dell e Lenovo, antes do termo recommerce ser cunhado e bem antes da agenda ESG  (Environmental, Social and Governance) que reúne o conjunto de boas práticas de gestão frequentar a pauta das reuniões de conselho de todas as grandes empresas nacionais.

Unicórnios sustentáveis

Todas as semanas nascem startups que além do desejo de se tornar “unicórnios” – designação usual para aquelas que alcançam o valor de mercado de 1 bilhão de dólares antes de realizar o IPO Initial Public Offering na bolsa de valores – são negócios que pretendem disponibilizar produtos e serviços sustentáveis a milhares de consumidores.

O que chama a atenção é que a inovação (que as coloca na posição de candidatas a unicórnio) não é a sustentabilidade. A sustentabilidade parece estar no DNA das startups, geralmente na declaração de missão.

As startups são negócios genuinamente contemporâneos. Seus produtos e serviços propõem soluções para problemas atuais dos consumidores.

E você, sabe como o seu consumidor está se sentindo e por que ele está decidindo comprar produtos de segunda mão?

Ótima semana 32 pra vc!

 

 

Os comentários estão desativados.