Região:

min

max

Anuncie aqui

Obi-Wan Kenobi

Série da Disney Plus focada em um dos principais personagens da saga entrega uma história satisfatória

Por Gabriel Candido
(Atualizado em 23/06/2022 - 17h20)
Compartilhar

Uma das estreias mais aguardadas do serviço de streaming da Disney focada em um dos personagens mais queridos da saga Star Wars encerra sua história cheia de altos e baixos, mas com um gosto agridoce e te faz querer mais. Aliás, se você não conhece muito sobre Star Wars e gostaria de saber mais, clique aqui para saber sobre o Star Wars Day.

Obi-Wan Kenobi, protagonizado por Ewan McGregor, que interpretou o personagem nos filmes da trilogia prequel de Star Wars, volta 10 anos após os eventos mostrados em Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith (2005). A história tem início com o Jedi em Tatooine, onde ele se exilou após a queda de seu melhor amigo e aprendiz Anakin.

Com Deborah Chow na direção da direção geral, a minissérie (até então não foi anunciado nenhuma segunda temporada) conta com seis episódios na média de 45 minutos cada um, explora novos e lugares familiares para os amantes da saga. Novos personagens são apresentados e velhos rostos, agora interpretado por outros atores, voltam para o contexto da história.

O tempo todo a série intercala entre reencontros icônicos com momentos altamente frustrantes. Isso aconteceu durante toda a temporada. Ao mesmo tempo em que você se sente feliz por ter McGregor de volta, existe um senso de desperdício do potencial da história.

É natural que dentro das limitações da produção, visivelmente afetada pela pandemia em 2020, mudanças no roteiro se fizeram necessárias, e esse contexto fica evidente na tela. Por um outro lado, a escolha do caminho a seguir, muitas vezes o mais simples possível, deixa um ar de frustração.

Animações e universo expandido

Obi-Wan Kenobi trouxe a expectativa de vermos o universo Star Wars saindo de sua bolha do cinema e ampliando seu universo através das séries animadas, como Clone Wars e Rebels, assim como a série Mandaloriano fez muito bem, principalmente na sua segunda temporada.

A série traz os temidos Inquisidores, que apareceram pela primeira vez em Rebels, mas nunca foram sequer citados no cinema. Mas possuem uma importância no universo expandido nas animações que deixou todo mundo na ansiedade de acompanharmos esses personagens em live action.

E de certa forma, foram exatamente esses personagens que deixaram esse gosto de frustração. A série não consegue explorar e criar esse contexto de vilania, afinal, neste período, ninguém consegue roubar o protagonismo de Darth Vader.

Projeções para uma continuação

Apesar do último episódio ser grandioso e finalmente termos a entrega que sempre sonhamos, a série oscila ao finalizar uma história. O maior problema é que não temos o senso de um arco dramático sendo finalizado, mas sim, a sensação que absolutamente nada que acontece nessa história interfere no status quo do universo.

Ele não consegue ser um “pós” Episódio III, e também deixa uma série de pontas soltas para o encaixe com o Episódio IV. Os personagens apenas vão do ponto A ao ponto B em uma dança que ninguém de fato se mexe.

A tentativa constante de dar um ar de épico e grandioso em vez de optar por uma história menor deixa uma sensação de que poderia ser melhor. A real é que desde Rogue One (2016), a Lucasfilms, sob a direção da competente Kathleen Kennedy (pessoa de confiança escolhida a dedo pelo próprio George Lucas, quando abriu mão e vendeu a franquia para a Disney) não sabe qual caminho seguir.

Projetos que começam de uma maneira e terminam de outra e assim, como o próprio Rogue One, Han Solo, Boba Fett e os episódios VIII e IX tiveram problemas de produção, roteiro e por muitas vezes, troca de diretores, que por consequência trazem o desequilíbrio à Força.

Obi-Wan Kenobi é divertido, entrega boas cenas de ação, easter eggs para todo fã se divertir, novos rostos surpreendem e antigos personagens retornam para matarmos a saudade, mas fica sim, uma sensação de que poderia mais, muito mais.

Obi-Wan Kenobi está no catálogo da Disney Plus.


Leia também

Ver mais