Região:

min

max

Anuncie aqui

Meu imóvel: continuar alugando ou comprar um?

Por Sergio Jacinto
(Atualizado em 05/08/2022 - 14h57)
Compartilhar

Comprar ou alugar um imóvel? Esta é a pergunta que todo mundo já se fez em algum momento da vida. E a resposta não é simples ou fácil de decidir. Mas uma coisa é certa, ambas dependem de planejamento e estratégia.

Ter um abrigo é uma necessidade básica de todo ser humano. Desde os primórdios dos tempos, as tribos buscavam um abrigo, de preferência perto de uma fonte de água, e somente depois de encontrá-lo e se instalarem é que buscavam suprir as outras necessidades.

Hoje em dia existe um grande déficit de moradias, principalmente as populares, obrigando as pessoas a “se virarem” como podem.

Aí vem a dúvida, como fazer para comprar? Devo continuar alugando?

É claro que a solução desta dúvida está relacionada a condição social e financeira de cada um e muitos tem receio de contrair dívidas a longo prazo para compra de um imóvel.

“Oras bolas”, é claro que é melhor comprar um, mesmo que com prazo de pagamento longo, o seu término é definido, afinal, no caso do aluguel, este sim tem prazo indefinido, ou seja, é para toda a sua vida.

As vantagens de comprar o seu imóvel são muitas, além de investir em um bem próprio, você ainda conta com a valorização do imóvel ao longo do tempo. Mesmo que a compra exija um sacrifício a mais, ela vale a pena, pois grande parte da prestação estaria sendo paga com o valor que você já está gastando com o aluguel.

Pense nisso e vá à luta, mas lembre-se, antes pesquise se sua renda é compatível com a compra e se está apto ao sistema bancário financiador. Lembrando que nos casos da primeira compra, os imóveis populares oferecem financiamentos a longo prazo e alguns subsídios estatais substanciais, além uso do FGTS, que podem baratear muito a sua prestação, tornando possível a realização deste sonho.

Então vamos à luta? Não tenha medo de comprar e conquistar o seu tão sonhado imóvel próprio. Só depende de você!

Na próxima semana falaremos sobre os sistemas de financiamento e seus custos para a aquisição de seu imóvel próprio.

Até lá!