Região:

min

max

Anuncie aqui

'Fifa' passa a se chamar 'EA Sports FC' a partir de 2023

Por Marcos Bueno
(Atualizado em 28/06/2022 - 0h56)
Compartilhar

É oficial! A partir de 2023, “EA Sports FC” será o novo título da franquia de jogos de futebol criado pela Eletronics Arts.

O comunicado foi publicado nesta terça-feira (10) pelo site da empresa. A notícia confirma o encerramento da parceria da desenvolvedora com a Federação Internacional de Futebol (Fifa) após 30 anos.

No comunicado, a EA ressalta que, com a mudança, irá levar as “experiências globais de futebol a novos patamares” para os milhões de fãs do game, garantindo que Ultimate Team, Modo Carreira e Volta Football continuarão na nova franquia, juntos com mais de 19 mil jogadores, 700 equipes, 100 estádios e 30 ligas (incluindo Premier League, LaLiga, Bundesliga e Serie A) de forma exclusiva, incluindo as parcerias existentes com a Premier League, LaLiga, Bundesliga, Serie A e MLS.

A promessa é de manter o que já existe na série de jogos e, ainda, trazer novas perspectivas para a franquia a partir daqui.

“Esta nova plataforma independente trará novas oportunidades – inovar, criar e evoluir.  Isso é muito mais do que apenas uma mudança de logo – como EA Sports, estamos comprometidos em garantir que o ‘EA Sports FC’ seja um símbolo de mudança. Estamos dedicados a reinvestir significativamente no esporte e entusiasmados em trabalhar com um número grande, e crescente, de parceiros para expandir para novas experiências autênticas que tragam alegria, inclusão e imersão a uma comunidade global de fãs. Estamos ansiosos para compartilhar mais detalhes sobre esses planos nos próximos meses”,  diz o comunicado.

Foto: Divulgação/PlayStation

A Eletronic Arts ainda lançará o “Fifa 23” este ano e a mudança deve acontecer a partir do ano que vem, no que deveria ser o “Fifa 24”.  A empresa garantiu que a entrega não só continuará com a mesma qualidade de jogo, mas que será o melhor “Fifa” de todos os tempos, e está empenhada em entregar o game com mais recursos, conteúdo da Copa do Mundo, modos de jogo, clubes, ligas e jogadores.

Horas depois do comunicado, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, rebateu a desenvolvedora, garantindo que vai acertar com novas parcerias de licenciamento a continuidade de produção de jogos levando o nome da federação.

Foto: Divulgação

“Posso garantir que o único jogo real e autêntico que tiver o nome da Fifa será o melhor disponível para os gamers e fãs do futebol. O nome Fifa é o único título original e global. ‘Fifa 23’, ‘Fifa 24’, ‘Fifa 25’ e assim por diante: a constante é o nome Fifa. Será assim para sempre, permanecendo o melhor”, disse.

De acordo com uma matéria publicada pelo jornal americano The New York Times, no ano passado, a Fifa recebe por ano US$ 100 milhões, pagos pela EA, e, para renovação contratual, a federação teria pedido US$ 1 bilhão para o período de quatro anos.

Segundo o Uol, a empresa, que também oferece conteúdos de outras ligas licenciadas, como Champions League (Liga dos Campeões), Taça Libertadores, Premier League (Campeonato Inglês), LaLiga (Campeonato Espanhol), Bundesliga (Campeonato Alemão) e etc., acredita que, então, pode economizar o valor antes pago à Fifa.