Região:

min

max

Anuncie aqui

Final do SPJE revelou o melhor do e-Sport amador

Com os jogos ‘Just Dance’, ‘FIFA 22’, ‘Free Fire’ e ‘Rainbow Six’, as finais do campeonato estudantil de jogos eletrônicos, trouxe para a arena verdadeiros talentos e futuros pró-payers.

Por Marcos Bueno
(Atualizado em 08/07/2022 - 11h14)
Compartilhar

Neste domingo (26) aconteceu a final do São Paulo Jogos de e-Sports e nós fomos lá conferir cada detalhe de um dos maiores torneios estudantis do estado. Claro que, além do super evento, tivemos representantes do nosso interior brigando pelos prêmios e uma oportunidade de se tornar pró-player!

O campeonato, que reuniu atletas de diversas idades, botou fogo no Ibirapuera com verdadeiros duelos nos jogos de ‘Just Dance’, ‘FIFA 22’, ‘Free Fire’ e ‘Rainbow Six’, além de trazer atrações como concurso de cosplays e o Dazz Truck, uma pick up equipada para uma experiência de jogo fora do comum!

Dazz Truck com estrutura completa para jogos (Foto: Marcos Bueno)
Na foto, o cosplay de Inuki Prince (Foto: Marcos Bueno)

 

As Finais

 

No Rainbow Six tivemos verdadeiros players mostrando que foram para brigar! Na batalha pelo caneco, a Pantas Team, Yeah Gaming e Fábrica de Cobre deram um show de estratégia no jogo. Logo no primeiro duelo, contra a YG, a Pantas Team levou a melhor, vencendo o adversário por 7 a 2. Correndo a chave, o time vencedor do primeiro round enfrentou a Fábrica de Cobre que apertou o jogo, mas não foi o suficiente para segurar o rival e o time foi derrotado por 7 a 3, nomeando a Pantas Team como a grande campeã em Rainbow Six no São Paulo Jogos de e-Sports!

Yeah Gaming se preparando para a final de Rainbow Six. (Foto: Divulgação)

 

E para aquecer a galera de ‘Free Fire’, o torneio trouxe só os melhores para um showmatch insano, que contou com o time Medelin enfrentando a line de qualidade selecionada pelo Lzinn da Loud. Foi lindo de ver! Com Lzinn, a tropa formada por Steike, Xauan e Dini, já na Medelin tivemos Sniper, Mandela, Delrio e Novax que prometeram uma chuva de balas. Prometeram e entregaram tudo. O Team Lzinn chegou a abrir uma larga vantagem sobre o adversário, alcançando um 5 a 1, mas bobeou numa competição que estava pegando fogo e o “cartel” da Medelin, numa virada inacreditável, colocou o L no bolso e venceu!

Lzinn Team no showmatch de Free Fire. (Foto: Divulgação)

Já no ‘FIFA 22’ o interior de São Paulo estava muito bem representado por ele, Gabriel Incao, que deu um show de bola na etapa do SPJE em Sorocaba e foi encarar jogadores de peso nas finais! Na fase de grupos, onde os gamers desceram para o play com tudo, Gabriel, com seu PSG, enfrentou o Maykovski que também escolheu o mesmo time para o duelo. Com uma gameplay de alto nível, Incao atacou com tudo o Paris Sant-Germain de Maykoviski que fechou o cerco na zaga levantando um muro difícil de penetrar. Com muita dificuldade de dominar o campo adversário, o player sorocabano acabou abrindo o jogo para o rival que aproveitou os deslizes do jogador, marcando alguns gols e encerrando a partida com 5 x 0. Não deu para o Gabriel, mas apesar de ter sido vencido nos playoffs, entregou um belo desempenho no campeonato.

À esquerda, Gabriel Incao brigando na final de ‘FIFA 22’ do SPJE. (Foto: Divulgação)

Para aquele frifa pesado, tivemos entre os competidores os sorocabanos Júlio Gabriel Amaro Ferreira, Lucas Lopez Correia, Gabriel Enrique Bento Moreira e o Carlos Henrique Duarte de Oliveira que foram lendários no campeonato. Só pelo fato de encarar mais 40 jogadores no mata-mata, estes guerreiros já merecem nosso respeito! Foram 3 quedas nos mapas Bermuda, Purgatório e Kalahari, onde os melhores se destacavam pela contagem de pontos. No game, o Jun0099, da capita e corinthiano roxo, levantou o troféu do ‘Free Fire’ no São Paulo Jogos de e-Sports.

‘Jun0o’ comemorando a vitória no Free Fire do SPJE. (Foto: Divulgação)

Para finalizar o dia de competições, o game que tira a galera do chão, o ‘Just Dance’, com os competidores afinados nos passos e prontos para a dança. O espetáculo foi deles, todos os jogadores entregaram uma performance profissional no jogo, o “LukasKenway” por exemplo, alcançou a pontuação máxima no ‘JD’, feito inédito em toda a temporada do SPJE, mas quem fez uma carreira de milhões e levou o troféu do torneio foi o Renan!

Renan, campeão de ‘Just Dance’ no SPJE. (Foto: Divulgação)

 

E para finalizar, preciso falar deles, dos talentos que dispensam comentários. Fomos muito bem conduzidos pelo Luan Marinho que brilhou como o Mestre de Cerimônia durante a final, Renan ‘Wars’ narrando o ‘Rainbow Six’, acompanhado do Ítalo Dias e a dupla também entrou em campo no ‘FIFA 22’ mas com os comentários técnicos da ‘Thata Gamer’ que entregou um olhar muito mais apurado que o  “VAR”. No Free Fire a química perfeita entre o trio formado por ‘Gringa DT’, Caique ‘Brown’ e Lazaro ‘Sonic’ que amassaram e ajudaram a esquentar as partidas! Pedro ‘PP’, especialista no ‘Just Dance’, ditou o ritmo e deu aquela ajudinha para o Renan Wars na análise de cada movimento das coreografias dos competidores.

Os games do São Paulo Jogos de e-Sport acabaram, mas já deixam saudades e a expectativa pela próxima temporada, afinal, por aqui passaram nomes e players que deixaram sua marca e, com certeza, ouviremos falar futuramente. Para os nossos atletas do interior, somente gratidão pelo belo game que entregaram e por terem dado o melhor de si nas competições, acreditem, vocês foram incríveis!

marcos bueno

Galeria de Imagens