Região:

min

max

Anuncie aqui

2° Etapa do Circuito “Hang Loose Surf Attack 2022” acontece no Guarujá, litoral de São Paulo

Evento reuniu cerca de 200 participantes, além de atletas de outros países

Por Paká Alves
(Atualizado em 02/08/2022 - 14h14)
Compartilhar

O litoral paulista foi mais uma vez escolhido para o campeonato “Hang Loose Surf Attack”, a segunda etapa que aconteceu na sexta (29) e encerrou no domingo (31) de julho na Praia do Tombo, Guarujá, (SP). As categorias disputadas foram, Sub 12, Sub 14, Sub 16 e Sub 18 no feminino e masculino. O evento reuniu cerca de 200 participantes, além de atletas de outros países.
No primeiro dia de competição, sexta-feira (29) , já saíram os primeiros campeões , foram os praiagandeses Carol Bastides e Vini Palma, ambos da modalidade Sub 12 (Masculino e Feminino) , e a paranaense Luara Mandelli (Sub 14).
Já no sábado (30), com ondas de até dois metros de altura, o paraibano Yuri Barros se destacou logo de cara, e ganhou novamente o prêmio “ Manga Wax Air Show” pela segunda vez consecutiva, sendo a primeira na etapa de Mongaguá. Domingo (31), rolou ondas de até um metro, perfeitas e abrindo, e os campeões que conquistaram os últimos pódios desta segunda etapa do “Hang Loose Surf Attack” mostraram muita disposição dentro do mar.
A atleta paranaense Luara Madelli, nesta etapa participou em duas categorias, na sexta-feira Sub14 e Sub16, sendo campeã nas duas, a surfista Giovanna Donato de São Sebastião, foi a vice-campeã e na terceira posição, sua conterrânea, Luana Reis. E representando a grande São Paulo, Luiza Savoy ficou em quarto lugar completando o pódio.
Afinal, a mais esperada do campeonato foi proporcionada pelos atletas da Sub 18 Masculino, tendo a vitória do atleta Connor Donegan, das Ilhas Canárias e, na segunda colocação ficou com Yuri Barros, paraibano que foi duas vezes vencedor do prêmio “Manga Max Air Show”, nesta segunda etapa do Hang Loose Surf Attack 2022. A terceira posição foi para Fabrício Rocha, de São Sebastião, e João Artur, vencedor da Sub 16, fechou o pódio com a quarta colocação.
O destaque também foi para os argentinos Joaquim e Victoria Larreta.
Larreta que voltou para casa como vice-campeã da Sub14 e ganhou também o prêmio de melhor manobra do “Sicrupt Girls”. Já Joaquim, nono melhor surfista do mundo na categoria Sub16, infelizmente não teve a mesma sorte que Vitória e foi barrado nas semifinais.
Nesta 34° edição do “Hang Loose Surf Attack de 2022”, deixou mais uma marca de sustentabilidade, através do projeto (S.I.R.I), Sustentabilidade, Interatividade, Reciclagem e Integração, os atletas receberam seus troféus feitos com o próprio material reciclável, sendo transformado em arte e investindo cada vez mais na educação e conscientização ambiental.
Fiquem ligados que toda semana tem algo diferente e muita informação de adrenalina.

Galeria de Imagens