Região:

min

max

Anuncie aqui

Quem é "a mulher da casa abandonada"? Entenda a história que viralizou na web

Podcast sobre crime real ganhou fama e viralizou na web

Por Redação
(Atualizado em 08/07/2022 - 8h16)
Compartilhar

Com uma passadinha rápida pelas redes sociais é possível perceber que o podcast investigativo “A Mulher da Casa Abandonada” virou um dos assuntos do momento.

A história de crime real rendeu aumentos de buscas na web, formação de grupos para discutir o tema, resgate de animais em situação de maus-tratos e até mesmo o sumiço da protagonista dos episódios.

Mas do que se trata esse podcast? O temmais.com explica três pontos que detalham o que tem chamado a atenção do público.

Como começou? 

Tudo começou com uma investigação feita para o jornal Folha de S. Paulo, pelo jornalista Chico Felitti (responsável pela famosa reportagem Ricardo e Vânia, sobre o “Fofão da Augusta”). A história foi lançada no dia 1° de junho e está dividida em sete episódios, que tem a duração entre 30 a 50 minutos cada. Os capítulos são lançados semanalmente, toda quarta-feira.

 

Quem é a protagonista do podcast e qual o seu segredo?

A história de Margarida Bonetti, conhecida como “Mari”, foi publicada em episódios disponibilizados em vários serviços de streaming.

A mulher vive em uma mansão abandonada de Higienópolis, área nobre de São Paulo (SP), se esconde por trás de uma camada de pomada branca.

Ela está na lista do FBI (Departamento de Investigação dos Estados Unidos) por um crime que cometeu há 20 anos, quando morava nos Estados Unidos.

Margarida conseguiu voltar para o Brasil, quando era investigada por ter mantido uma funcionária em condição análoga à escravidão.

Até o último conteúdo, publicado no dia 29 de junho, o público segue na expectativa para entender todos os detalhes de como essa mulher saiu impune e não respondeu pelos crimes que havia cometido.

O que aconteceu após a exibição dos episódios?

Desde então, os conteúdos dos programas têm levado as pessoas às ruas em busca de pistas e informações sobre a tal mulher da casa abandonada. Por conta da movimentação de curiosos nas últimas semanas, a polícia precisou intensificar o patrulhamento nas mediações para evitar atos de vandalismo.

No domingo (3), cachorros que estavam na mansão foram resgatados pelo Instituto Luisa Mell.

A história repercutiu tanto, que termos relacionados tiveram um aumento de 5.000% nas buscas do Google e na segunda (5) ficou entre os termos mais buscados.

 

Veja abaixo a repercussão nas redes sociais