Região:

min

max

Anuncie aqui

Fifa cogita começar Copa do Mundo do Catar um dia antes do previsto

Caso ideia se confirme, jogo de abertura passa a ser o duelo entre Catar e Equador

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 10/08/2022 - 10h07)
Compartilhar

A Copa do Mundo do Catar poderá começar um dia antes do previsto. A Fifa estaria planejando antecipar o jogo entre Catar e Equador para 20 de novembro, de forma a manter a tradição de ter o país-sede na partida de abertura do Mundial. A entidade ainda não se manifestou oficialmente sobre o plano.

A informação surgiu nesta quarta-feira em apuração da The Associated Press. De acordo com a agência de notícias, uma fonte revelou o plano da Fifa, que deve tomar a decisão nos próximos dias. Para ser confirmada, a proposta precisa ser aprovada em reunião do presidente Gianni Infantino com os mandatários das seis confederações continentais, como Conmebol, Uefa e Concacaf.

A proposta, que vai ampliar a duração da Copa, de 28 para 29 dias de competição, já teria o apoio dos dirigentes do futebol do Catar e da Conmebol, confederação à qual está ligada a federação de futebol do Equador, seleção que enfrentaria o time catariano na abertura do Mundial.

Inicialmente, a Copa está programada para começar no dia 21 de novembro, uma segunda-feira, com a partida entre Senegal e Holanda, pelo Grupo A. O jogo começaria às 13 horas, horário local em Doha, equivalente às 7 horas da manhã, pelo horário de Brasília. O duelo entre Catar e Equador está marcado para o mesmo dia, seis horas depois.

Este seria o terceiro jogo do dia e seria o palco da cerimônia de abertura da Copa. Há ainda uma quarta partida marcada para o primeiro dia de jogos do Mundial, de acordo com o sorteio das chaves e a definição dos horários, realizados em 1º de abril.

Com a possível mudança, Catar x Equador seria antecipado para domingo, dia 20 de novembro, com a cerimônia de abertura. O dia 21 teria apenas três jogos.

O plano inicial da Fifa, de contar com quatro partidas no primeiro dia da Copa e de iniciar numa segunda-feira, foi motivado por pressão dos clubes e torneios europeus, que devem ter jogos até 13 de novembro, antes de sofrerem uma interrupção para a disputa da Copa. A ideia de antecipar o jogo de abertura virou uma opção real por envolver poucos jogadores que atuam no futebol europeu.

A Copa do Mundo deste ano será a primeira da história a ser disputada fora do período de férias de verão do hemisfério norte do planeta. As 21 edições do Mundial já disputadas foram realizadas sempre no intervalo entre o fim de maio e o fim de julho, sem atrapalhar a temporada europeia, que começa em agosto e termina em maio. Será a primeira vez, portanto, que os campeonatos europeus, tanto os nacionais quanto os continentais, serão paralisados para a disputa do Mundial.