Região:

min

max

Anuncie aqui

Fifa confirma antecipação da abertura da Copa do Catar para manter tradição

Competição vai começar no dia 20 de novembro

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 11/08/2022 - 18h09)
Compartilhar

A Fifa confirmou nesta quinta-feira que a Copa do Mundo do Catar começará um dia mais cedo do que o previsto. O torneio será aberto com o duelo entre Catar e Equador no dia 20 de novembro, e não mais 21, de maneira a manter a tradição de ter o país-sede no jogo de abertura da competição.

A partida de abertura e a cerimônia do torneio deste ano no Estádio Al Bayt, em Al Khor, a 50 km da capital Doha, foram antecipadas em um dia após decisão unânime tomada nesta quinta em reunião do presidente Gianni Infantino com os mandatários das seis confederações continentais, incluindo Conmebol, Uefa e Concacaf, e referendada pelo Conselho da Fifa.

“A decisão seguiu uma avaliação da concorrência e das implicações operacionais, bem como um processo de consulta completo e um acordo com as principais partes interessadas e o país anfitrião”, justificou a Fifa. A entidade máxima do futebol argumentou que a alteração garante a continuidade de uma longa tradição em Copas. Historicamente, abrem o campeonato sempre a nação anfitriã ou o campeão anterior. A decisão teve o aval do Comitê Supremo de Entrega e Legado.

A Copa estava programada para começar no dia 21 de novembro, uma segunda-feira, com a partida entre Senegal e Holanda, pelo Grupo A. O jogo começaria às 13 horas, horário local em Doha, equivalente às 7 horas da manhã, pelo horário de Brasília, mas foi reagendado para as 19h, (13h no horário brasileiro). Inglaterra x Irã, às 10h, e Estados Unidos x País de Gales, às 16h, são as outras partidas disputadas no dia 21, que passou a ter três confrontos em vez de quatro.

A proposta amplia a duração da Copa de 28 para 29 dias de competição e contou com o apoio dos dirigentes do futebol do Catar e da Conmebol, confederação à qual está ligada a federação de futebol do Equador, seleção que encara o time catariano na abertura do Mundial.

O plano inicial da Fifa, de contar com quatro partidas no primeiro dia da Copa e de iniciar numa segunda-feira, foi motivado por pressão dos clubes e torneios europeus, que devem ter jogos até 13 de novembro, antes de sofrerem uma interrupção para a disputa do Mundial. A ideia de antecipar o jogo de abertura virou uma opção real por envolver poucos jogadores que atuam no futebol europeu.

A Copa do Mundo deste ano será a primeira da história a ser disputada fora do período de férias de verão do hemisfério norte do planeta e a primeira realizada no Oriente Médio. As 21 edições do Mundial já disputadas foram realizadas sempre no intervalo entre o fim de maio e o fim de julho, sem atrapalhar a temporada europeia, que começa em agosto e termina em maio. Será a primeira vez, portanto, que os campeonatos europeus, tanto os nacionais quanto os continentais, serão paralisados para a disputa do Mundial.