Região:

min

max

Anuncie aqui

Flamengo confirma vaga na final da Copa do Brasil ganhando de novo do São Paulo

Mengão enfrentará na final o vencedor de Corinthians e Fluminense, que jogam nesta quinta-feira em São Paulo

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 15/09/2022 - 0h00)
Compartilhar

O Flamengo é o primeiro finalista da Copa do Brasil. Garantiu a classificação à decisão ao vencer mais uma vez o São Paulo nesta quarta-feira à noite, no Maracanã, por 1 a 0, confirmando na prática que a missão são-paulina era difícil, já que havia levado 3 a 1 no duelo da ida, no Morumbi.

O time paulista foi valente, mas, dominado pelo rival carioca, acabou eliminado da competição que nunca venceu. Arrascaeta teve atuação de brilho e marcou o único – e bonito – gol da vitória rubro-negra com um toque de classe no primeiro tempo. Resta aos comandados de Rogério Ceni reunir forças para se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão antes da decisão da Copa Sul-Americana, a grande chance de título em 2022.

Em busca de seu quarto título da Copa do Brasil, o Flamengo conhecerá nesta quinta o seu adversário na final. Será Corinthians ou Fluminense, que se enfrentam na Neo Química Arena Atrás da conquista que falta para essa atual geração, a equipe de Dorival briga por outras duas taças na temporada, já que também garantiu vaga na final da Copa Libertadores e ocupa o terceiro posto no Brasileirão.

No Maracanã, aconteceu o que se esperava. O estrelado Flamengo, com a vantagem adquirida no mês passado no Morumbi, dominou o São Paulo, que, precisando vencer por três gols de margem, deu espaços ao se arriscar no ataque e foi castigado.

O time paulista lutou, mostrou valentia e coragem, mas não fez frente ao adversário carioca.

As estrelas comandadas por Dorival Júnior estiveram em noite de sintonia. O talento de Everton Ribeiro, Arrascaeta, Gabriel e Pedro fez a diferença sobre o conjunto são-paulino, organizado e dedicado, mas inferior tecnicamente.

O brilho maior foi de Arrascaeta. O meia uruguaio regeu o time e pisou na área para concluir as jogadas. Na melhor delas, recebeu de Everton Ribeiro e tocou com categoria no canto de Jandrei para abrir o placar aos 35 minutos do primeiro tempo.

Àquela altura, o São Paulo já havia pressionado, principalmente no início, mas sem sucesso. Ofereceu, a bem da verdade, poucos riscos ao rival. Depois, quando a pressão diminuiu, os anfitriões controlaram o jogo e foram às redes.

Foi determinante para o triunfo rubro-negro a movimentação de seus craques, quebrando o encaixe da marcação do São Paulo. Inteligente, Pedro saía da área e ajudava na construção das jogadas. Do outro lado, a equipe de Ceni não conseguiu fazer a bola chegar a Calleri da forma que ele gostaria, ampliando para oito jogos o período sem gols do centroavante argentino.

No segundo tempo, o cenário foi semelhante. O São Paulo insistiu, tentou como pôde, mas pouco fez. Quase não incomodou a defesa rubro-negra. O Flamengo controlou a partida e sustentou com competência a vantagem até o fim. Até se deu ao luxo de reduzir o ritmo e descansar titulares nos minutos finais, como Arrascaeta e Pedro, convocado por Tite para amistosos na França e que pode ser o 9 da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 SÃO PAULO

SÃO PAULO – Jandrei; Igor Vinícius, Diego, Léo e Reinaldo (Welington); Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Alisson (Galoppo), Patrick (Talles); Luciano (Juan) e Calleri (Eder). Técnico: Rogério Ceni.

FLAMENGO – Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia (Vidal), João Gomes (Matheus França), Everton Ribeiro (Victor Hugo) e Arrascaeta (Diego); Gabriel e Pedro (Everton). Técnico: Dorival Júnior.

GOL – Arrascaeta, aos 35 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS – Reinaldo e Welington (São Paulo) e Léo Pereira (Flamengo).

PÚBLICO – 62.977 presentes.

RENDA – R$ 5.499.219,25.

LOCAL – Maracanã, no Rio.

Os comentários estão desativados.