Região:

min

max

Anuncie aqui

Hungria e Itália decidem vaga na semi da Liga das Nações; Inglaterra é rebaixada

Veja os resultados da rodada desta sexta-feira na Uefa Nations League

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 23/09/2022 - 18h29)
Compartilhar
Hungria e Itália vão decidir, na segunda-feira, em Budapeste, a seleção classificada para as semifinais da Liga A, Grupo 3, da Liga das Nações. Nesta sexta, os húngaros derrotaram a Alemanha, fora de casa, por 1 a 0, enquanto os italianos superaram os ingleses, pelo mesmo placar, em Milão.

Com estes resultados, a Hungria, azarão da chave, lidera com dez pontos e vai jogar por um empate contra a Itália, que soma oito. A Inglaterra, vice-campeã europeia, recebe em Wembley a também desclassificada Alemanha (seis pontos). Detalhe: os ingleses, com apenas dois pontos, foram rebaixados para a Liga B na próxima edição do torneio.

O primeiro tempo em Leipzig foi monótono. A Alemanha, sem inspiração, pouco produziu no ataque para incomodar a bem armada zaga húngara. A situação dos alemães pirou aos 17 minutos, quando Adam Szalai, de calcanhar, desviou uma cobrança de escanteio para abrir o placar.

No segundo tempo, a Hungria se fechou ainda mais em seu campo, enquanto a Alemanha partiu em busca de pelo menos o empate. Sané, Süle, Werner, Kimmich tiveram chances de marcar, mas falharam.

De tanto forçar, a Alemanha cansou, caiu de rendimento e deixou espaço para a Hungria no final quase ampliar o placar, mas Kleinheisler perdeu grande oportunidade diante de Ter Stegen.

Em Milão, os primeiros 45 minutos não existiram. Itália e Inglaterra não honraram as suas tradições e o que se viu foi um futebol de péssima qualidade. Nada foi feito pelas seleções, que decidiram o último título europeu.

O segundo tempo não poderia ser pior. As equipes, mais organizadas, conseguiram criar chances. O goleiro italiano Donnarumma travou bom duelo com o artilheiro inglês Harry Kane e saiu vencedor, ao impedir dois gols.

Aos 22 minutos, o único gol da partida foi bonito. Raspadori recebeu dentro da área, passou pela marcação e bateu com estilo para garantir a vitória italiana e a possibilidade de classificação para as semifinais.