Região:

min

max

Anuncie aqui

Reservas do Corinthians perdem para o América-MG em Belo Horizonte

Derrota por 1 a 0 faz Timão ficar estacionado na tabela de classificação

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 18/09/2022 - 23h53)
Compartilhar

Com um time bem diferente daquele que na última quinta-feira venceu o Fluminense por 3 a 0 pela Copa do Brasil, o Corinthians foi até Belo Horizonte enfrentar o América-MG e não conseguiu suportar o melhor ritmo de jogo da equipe mineira. Com uma atuação sólida, os mandantes conseguiram uma vitória simples, por 1 a 0, e seguem na luta por uma classificação para a Libertadores de 2023. Já o Alvinegro fica estacionado na tabela e cada vez mais coloca o foco na decisão do torneio mata-mata que terá com o Flamengo.

No primeiro tempo, o América-MG foi bem mais presente no campo de ataque do que o Corinthians, que jogou poupando alguns de seus titulares, desgastados após o jogo pela Copa do Brasil na última quinta-feira.

A primeira boa chance do América-MG surgiu logo aos três minutos Após bom cruzamento, Juninho, livre de marcação, cabeceou para boa defesa do goleiro Cássio.

O time de Belo Horizonte seguia melhor em campo, atacando pelos dois lados e forçando nos cruzamentos para a área. Em mais uma dessas jogadas, aos 27, Eder cabeceou com muito perigo, acima da meta corintiana.

No segundo tempo, o técnico português Vítor Pereira mexeu de uma vez só em três posições e mandou a campo Robson Bambu, Du Queiroz e Yuri Alberto. As alterações deixaram a partida mais equilibrada, com o Corinthians conseguindo manter mais a posse de bola.

Mesmo assim, a primeira boa chance da segunda etapa foi do América-MG. Aos 12, Henrique Almeida pegou a bola no meio-campo e avançou para o ataque, finalizando da entrada da área com muito perigo – a bola passou à direita da trave alvinegra.

O equilíbrio do começo do segundo logo se desfez e o time do técnico Vagner Mancini voltou a dominar o jogo. A equipe mineira teve duas boas chances em seguida, aos 24 e aos 26 minutos, sempre com o volante Juninho com boa participação.

De tanto tentar, o América-MG finalmente conseguiu abrir o placar. Aos 32 minutos do segundo tempo, a equipe conseguiu tocar a bola com velocidade desde o campo de defesa e a bola chegou até o lado direito do ataque com Cáceres. O lateral-direito levantou na área, Mastriani se esticou todo e cabeceou para Juninho, livre na segunda trave, também mandar de cabeça e fazer a festa da torcida americana.

Mais uma vez o jogo ficou um bom tempo paralisado por conta de sinalizadores presentes na torcida do Corinthians. Mas nada que impedisse que o América-MG de tocar a bola e garantir a vitória

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 1 X 0 CORINTHIANS
AMÉRICA-MG – M. Cavichioli; Raúl Cáceres (Patric), Éder, Ricardo Silva e Marlon; Juninho, Alê e Benítez (Índio Ramírez); Matheusinho (Iago Maidana), Henrique Almeida (Mastriani) e Felipe Azevedo (Aloísio). Técnico: Vagner Mancini.
CORINTHIANS – Cássio; Léo Maná, Bruno Méndez, Raul Gustavo (Robson Bambu) e Lucas Piton; Xavier (Du Queiroz), Roni (Fausto Vera), Adson, Giuliano e Matheus Vital; Róger Guedes (Yuri Alberto). Técnico: Vítor Pereira.
GOL – Juninho, aos 32 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).
CARTÕES AMARELOS – Benítez, Raul Gustavo, Bruno Méndez e Roni.
RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.
LOCAL – Belo Horizonte (MG).