Região:

min

max

Anuncie aqui

Tite convoca Pedro, dá chance a Éverton Ribeiro e testa zagueiros estreantes

Lista é para amistosos contra Gana e Tunísia, os últimos jogos oficiais antes da Copa do Mundo

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 09/09/2022 - 11h58)
Compartilhar

Em sua última convocação antes da definição da lista final para a Copa do Mundo, Tite chamou nesta sexta-feira o atacante Pedro e o meia Éverton Ribeiro, ambos do Flamengo, deu chance a dois novatos na zaga da seleção brasileira e deixou o lateral Daniel Alves fora da relação para os amistosos com Gana e Tunísia, marcados para os dias 23 e 27 deste mês, na Europa.

O treinador enfim incluiu Pedro em sua lista de 26 atletas, após inúmeros pedidos da torcida do Flamengo e da imprensa. O jogador se tornou a referência do ataque da equipe carioca nos últimos meses, no Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores. Ele virou o maior artilheiro da história do time em apenas uma edição da Libertadores e exibe média de um gol a cada 107 minutos.

Nos amistosos deste mês, Pedro terá um companheiro de time no grupo da seleção. Isso porque Tite voltou a dar uma chance a Éverton Ribeiro, que nunca se consolidou nas convocações do treinador. Assim como o atacante, o meia terá oportunidade decisiva para tentar uma vaga na lista de 26 jogadores da seleção para a Copa do Mundo do Catar, que começa no dia 20 de novembro.

O treinador da seleção surpreendeu ao convocar pela primeira vez os zagueiros Bremer, da Juventus, e Ibañez, da Roma. Com a dupla, o time nacional alcançou a marca de 50 jogadores chamados por Tite pela primeira vez neste ciclo para o Mundial. No mês passado, a CBF havia anunciado que iria observar os dois defensores em jogos dos seus times na Europa.

Os experientes Marquinhos, Éder Militão e Thiago Silva também apareceram na lista de Tite, confirmando cinco zagueiros chamados para os dois amistosos, algo incomum nas convocações do treinador. Por outro lado, listou apenas três laterais para estes jogos – Danilo, Alex Sandro e Alex Telles. Geralmente, ele chama quatro laterais, dois para cada lado do campo.

O treinador explicou que a conta vai fechar porque os zagueiros Militão e Ibañez também podem atuar na lateral-direita. Poderiam, portanto, compensar a falta de um lateral para este lado. Daniel Alves, que ainda sonha com a Copa, ficou fora da lista anunciada nesta sexta.

Outras ausências também chamam a atenção na relação de Tite para os dois amistosos deste mês. O técnico também não incluiu na lista o meia Philippe Coutinho e o atacante Gabriel Jesus. Ao mesmo tempo, o treinador voltou a dar oportunidade para o meia-atacante Roberto Firmino e o meia Bruno Guimarães. O atacante Matheus Cunha também foi convocado.

Por outro lado, Tite voltou a deixar fora os meias Raphael Veiga e Gustavo Scarpa e o lateral Marcos Rocha, todos do Palmeiras. O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, também não foi lembrado pelo treinador da seleção.

 

Confira a lista de convocados para os amistosos da seleção:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Alex Telles (Sevilla);

Zagueiros: Marquinhos (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid), Thiago Silva (Chelsea), Bremer (Juventus) e Ibañez (Roma);

Meio-campistas: Casemiro (Manchester United), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (West Ham), Bruno Guimarães (Newcastle), Éverton Ribeiro (Flamengo);

Atacantes: Antony (Manchester United), Roberto Firmino (Liverpool), Raphinha (Barcelona), Neymar (PSG), Richarlison (Tottenham), Vinicius Junior (Real Madrid), Pedro (Flamengo), Rodrygo (Real Madrid) e Matheus Cunha (Atlético de Madrid).

Os comentários estão desativados.