Região:

min

max

Anuncie aqui

Palmeiras bate Corinthians e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Verdão abre nove pontos de vantagem para o rival alvinegro

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 13/08/2022 - 22h14)
Compartilhar

O Palmeiras não fez uma partida espetacular na Neo Química Arena, na noite deste sábado. Mas fez o suficiente para garantir uma vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Palmeiras chega a 48 pontos e abre nove pontos de vantagem sobre o rival na ponta da tabela. A folga pode ser reduzida dependendo do resultado do Fluminense, que enfrenta o Internacional no Beira-Rio, neste domingo.

O dérbi começou como se espera, com nervos à flor da pele, com faltas duras feitas principalmente pelo lado corintiano. Nos primeiros minutos, com um jogo mais truncado, a bola parada se mostrava como alternativa ofensiva.

A primeira boa chegada com bola rolando ocorreu apenas aos 12 minutos. A bela trama corintiana terminou com chute de Renato Augusto e boa defesa de Weverton. Yuri Alberto tentou de bicicleta logo depois, mas parou no arqueiro palmeirense.

Aos 19, o VAR acionou Raphael Claus para revisar uma dura falta de Róger Guedes sobre Gómez. O árbitro manteve a decisão de campo, com aplicação de cartão amarelo. Alviverdes reclamaram que o atacante foi até o monitor pressionar Claus e não recebeu um segundo cartão.

Passada a pressão corintiana, o Palmeiras começou a criar oportunidades. Em contragolpe, Rony perdeu boa chance. Equilíbrio foi palavra de ordem na primeira metade do jogo. Dudu, isolado na ponta direita, reclamou algumas vezes por ser preterido pelos companheiros em passes no ataque.

Renato Augusto foi o grande nome do Corinthians na etapa inicial Aos 39, exigiu de Weverton ótima defesa. Jogando em nova posição, Rony se movimentou para criar espaços na defesa rival, transitando da ponta para o meio.

O segundo tempo mostrou Corinthians e Palmeiras com mais gana em seus primeiros minutos. Os dois times ficaram próximos de inaugurar o marcador. Renato Augusto e Rony, novamente, assumiram o protagonismo ofensivo. A fome de ataque deixou as defesas mais desprevenidas. Os rivais encontraram espaços, e o gol parecia questão de tempo.

O Corinthians levava mais perigo a Weverton. A entrada de Fagner facilitou a criação pelo lado direito do ataque alvinegro. Abel respondeu, reforçando o meio-campo com a entrada de Gabriel Menino no lugar de Raphael Veiga, neutralizando o ímpeto corintiano. Rony, apesar da boa partida que fazia até então, também deixou o gramado, cedendo o lugar para Wesley.

Pressionado na saída de bola, o Palmeiras abusava dos chutões com Weverton. Mas, uma das tentativas deu certo. Piquerez escapou pela ponta, cruzou para a pequena área e Roni acabou marcando contra. Logo após o tento, Abel Ferreira promoveu a estreia de Bruno Tabata, contratado junto ao Sporting, de Portugal.

Mesmo com o placar favorável, o Palmeiras continuou buscando o gol, enquanto o Corinthians encontrava dificuldades para construir alternativas pelo meio. Algumas tentativas de finalização eram bloqueadas na entrada da grande área.

O conjunto corintiano ainda reclamou de uma penalidade nos minutos finais do clássico em Itaquera.

O próximo compromisso do Corinthians será na quarta-feira. Diante de seus torcedores, o time alvinegro enfrenta o Atlético-GO pela Copa do Brasil. Já o Palmeiras volta a campo apenas no domingo, quando mede forças com o Flamengo, em casa.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 1 PALMEIRAS

CORINTHIANS – Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Méndez, Balbuena e Piton; Du Queiroz, Fausto Vera (Roni) e Renato Augusto; Gustavo Mosquito (Adson), Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

PALMEIRAS – Weverton; Mayke, Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Rapahel Veiga (Gabriel Menino); Rony (Wesley), Dudu (Tabata) e López (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreir

GOL – Roni (contra), aos 27 do segundo temp

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa-S

CARTÕES AMARELOS – Fausto Vera, Róger Guedes, López e Piquerez

PÚBLICO – 44.966 tota

RENDA – R$ 3.226.090,0

LOCAL – Neo Química Arena