Região:

min

max

Anuncie aqui

Soteldo brilha e ajuda Santos a vencer a primeira sobre o São Paulo em 2022

Peixe derrota o Tricolor na reestreia do meia venezuelano

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 21/08/2022 - 21h31)
Compartilhar

A reestreia de Soteldo com a camisa do Santos foi melhor que o esperado e o camisa 10 foi decisivo na vitória sobre o São Paulo por 1 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. Com o resultado, a equipe alvinegra subiu para a oitava posição, com 33 pontos, e o time tricolor está em 12º, com 29. Essa foi a primeira vitória do Santos sobre o São Paulo em 2022.

O reestreante Soteldo começou a partida do jeito que o torcedor santista esperava. O camisa 10 deu passes precisos, driblou adversários com facilidade e mostrou que novamente vai ser uma peça importante para o time. A cada toque na bola do venezuelano, a torcida na Vila se empolgava.

O São Paulo perdeu disputas no meio-campo, teve dificuldade para atacar e não se encontrou na partida. Só aos 29 minutos o time de Rogério Ceni levou perigo. Igor Gomes aproveitou erro grave de Maicon, mas chutou fraco para fora.

Organizado, o Santos era mais efetivo com a bola e, merecidamente, abriu o placar. Marcos Leonardo conseguiu ótima virada de jogo e Soteldo cruzou na cabeça de Lucas Braga, que só testou para o gol.

Na volta para o segundo tempo, Ceni fez duas mudanças e colocou Reinaldo e Pablo Maia na partida. A equipe tricolor cresceu no jogo e passou a criar chances de gol, mas faltou capricho nas finalizações. O time dominou o segundo tempo, porém parou muitas vezes no goleiro João Paulo. Recuado, o Santos teve dificuldades para equilibrar a partida e tentar matar o jogo. Soteldo ainda distribuiu passes importantes, mas seus companheiros erraram a mira.

O Santos volta a campo no domingo para enfrentar o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 18h, pelo Brasileirão. Já o São Paulo fará o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo, na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 1 X 0 SÃO PAULO
SANTOS – João Paulo; Madson, Maicon, Bauermann e Felipe Jonatan; Rodri Fernández (Camacho), Carabajal (Lucas Barbosa) e Zanocelo; Lucas Braga (Angelo), Soteldo e Marcos Leonardo (Luiz Felipe). Técnico: Lisca.
SÃO PAULO – Jandrei; Rafinha, Miranda e Ferraresi; Marcos Guilherme (Igor Vinícius), Gabriel Neves (Pablo Maia), Igor Gomes, Welington (Reinaldo); Luciano (Bustos), Patrick e Nikão (Calleri). Técnico: Rogério Ceni.
GOL – Lucas Braga, aos 29 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS – Nikão, Bauermann, Marcos Leonardo, Fernández, Felipe Jonatan.
ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio.
RENDA – R$ 419.917,50.
PÚBLICO – 12.598 pagantes.
LOCAL – Vila Belmiro, em Santos (SP).