Região:

min

max

Anuncie aqui

Tainara é diagnosticada com covid-19 e desfalca Brasil na Copa América Feminina

Zagueira titular da Seleção desfalca o time na próxima rodada contra a Venezuela

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 14/07/2022 - 19h35)
Compartilhar
A zagueira Tainara, titular da seleção brasileira feminina, foi diagnosticada com covid-19 após exame protocolar realizado na quarta-feira e será desfalque no jogo contra a Venezuela, pela terceira rodada da primeira fase da Copa América Feminina. De acordo com o departamento médico do Brasil, ela está com sintomas leves.

Tainara terá de cumprir sete dias de isolamento, conforme determinado pelo protocolo sanitário da Colômbia, país-sede do torneio continental. Depois desse período, será reavaliada para saber se poderá ser reincorporada ao elenco. Caso esteja em condições, pode ser utilizada na rodada final da primeira fase, em duelo com o Peru, na próxima quinta-feira.

A defensora é quarta jogadora da seleção brasileira a ser contaminada com o coronavírus. Antes dela, Luana, Duda Francelino e Geyse já haviam testado positivo. A Conmebol tem sido bastante rigorosa com a prevenção contra a covid durante a disputa da Copa América, tanto que tem realizado testes dois dias antes do início de cada rodada do torneio.

Sem Tainara, a treinadora Pia Sundhage deve preencher a vaga com Kathellen, que entrou no decorrer da vitória por 3 a 0 sobre o Uruguai, na terça-feira. Outra opção seria deslocar Antonia da lateral direita para formar a dupla de zaga com Rafaelle. Nesse caso, Fê Palermo ou Letícia Santos entrariam para fechar o lado direito.

De folga nesta quinta-feira, as brasileiras voltam a treinar às 13 horas (horário de Brasília de sexta). Com as vitórias sobre Argentina e Uruguai nas duas primeiras rodadas, o Brasil ocupa a liderança do Grupo B, com seis pontos.