Região:

min

max

Anuncie aqui

Turco Mohamed é demitido no Atlético-MG após novo tropeço e revolta da torcida

Treinador argentino não resiste a sequência ruim; clube espera definir substituto até o fim do mês

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 22/07/2022 - 11h53)
Compartilhar

A diretoria do Atlético-MG resistiu o quanto pôde. Após mais um tropeço na temporada, desta vez empate por 1 a 1 com o Cuiabá, e enorme pressão dos torcedores, o clube optou pela demissão do técnico Antônio Turco Mohamed nesta sexta-feira.

“O Atlético-MG informa que Antonio Mohamed não é mais treinador do clube. El Turco e seus auxiliares foram desligados hoje pela manhã, pelo presidente Sérgio Coelho e o diretor de futebol Rodrigo Caetano. O auxiliar técnico permanente Lucas Gonçalves comandará o time neste domingo”, informou a direção do campeão brasileiro.

O argentino dirigiu o clube mineiro em 45 jogos, somando 27 vitórias, 13 empates e somente cinco derrotas. Mesmo com aproveitamento alto de 69,6% e a conquista da Supercopa do Brasil, seu trabalho vinha sendo bastante questionado pela falta de futebol vistoso e a dificuldade apresentada em campo.

“O clube agradece ao treinador pelos serviços prestados e deseja a ele sucesso na sequência da carreira”, concluiu o Atlético-MG, que deve apostar em um treinador brasileira para a sequência da temporada. Renato Gaúcho é um nome forte e já teria sido consultado há alguns dias, dando sinal positivo de que aceitaria a missão.

A situação de Turco Mohamed ficou insustentável após o time ceder o 1 a 1 para o Cuiabá, quinta-feira à noite. A Galoucura, principal organizada do clube, foi ao desembarque do time protestar contra o argentino e prometia fazer enormes protestos contra os dirigentes caso não fosse atendida. Sem ter mais argumentos para defender o treinador, o clube optou pela dispensa.

O Atlético-MG volta a campo no domingo, diante do Corinthians, no encerramento do primeiro turno do Brasileirão. Depois ficará uma semana sem partidas por causa da eliminação nas oitavas da Copa do Brasil. O clube espera já ter definido o substituto de Turco Mohamed antes do jogo com o Internacional, dia 31 de julho, em Porto Alegre.