Região:

min

max

Anuncie aqui

Viúva de Kobe Bryant ganha indenização de R$ 81 milhões por fotos do acidente

Compensação é pela divulgação de fotos dos restos mortais do ex-jogador de basquete

Por Estadão Conteúdo
(Atualizado em 25/08/2022 - 11h42)
Compartilhar
Vanessa Bryant, viúva do astro da NBA morto há dois anos, ganhou um processo na Justiça contra o Condado de Los Angeles e receberá uma indenização no valor de US$ 16 milhões, equivalente a R$ 81 milhões. O pagamento é uma compensação pela divulgação de fotos dos restos mortais de Kobe Bryant e de sua filha de 13 anos, mortos num acidente de helicóptero em janeiro de 2020.

A decisão favorável a Vanessa contou com o voto unânime de nove jurados. Eles decidiram que as fotos invadiram a privacidade da viúva e causaram estresse emocional – ela chorou ao longo do julgamento, que durou quatro horas e meia, e do anúncio da decisão.

O veredicto foi anunciado na noite de quarta-feira, considerado o “Dia do Kobe Bryant” por reunir na data (24/08) os números usados pelo jogador de basquete em suas camisas. Na terça, ele teria completado 44 anos de idade.

Horas após a decisão, Vanessa publicou em suas redes sociais uma foto com o então marido e a filha. “É tudo para vocês. Amo vocês! Justiça para Kobe e Gigi!”, escreveu a viúva, que alegou ter ataques de pânico em seu processo de luto e que ainda acredita que marido e filha ainda estão vivos.

O julgamento durou 11 dias e gerou forte expectativa na imprensa californiana. A principal decisão era sobre as fotos, divulgadas por bombeiros e policiais que tiveram acesso ao local do acidente. Eles tiraram fotos dos restos mortais de Kobe Bryant, sua filha e das outras nove vítimas da tragédia.

Lenda da NBA e do Los Angeles Lakers, Kobe Bryant, sua filha Gianna e outras sete pessoas viajaram de helicóptero para um jogo de basquete juvenil quando houve o acidente. O helicóptero caiu num morro em Calabasas, no oeste de Los Angeles, no dia 26 de janeiro de 2020.