Região:

min

max

Anuncie aqui

Orkut vai voltar? Criador de rede social reativa URL e deixa recado: 'Vejo você em breve!'

Um dos destaques da rede social eram as comunidades inusitadas, como 'Eu odeio acordar cedo', 'Queria sorvete, mas era feijão', 'Eu adoro usar pochete'

Por Redação
(Atualizado em 28/04/2022 - 15h58)
Compartilhar

Uma notícia mexeu com a internet nesta quinta-feira (27), depois que a saudosa URL www.orkut.com voltou a ficar ativa.

Seria a volta de comunidades como “Eu odeio acordar cedo”, “Queria sorvete, mas era feijão”, “Eu adoro usar pochete”, entre outras que faziam sucesso na rede social que bombou no Brasil no início da década de 2000? Ainda não dá para saber. Mas que algo está acontecendo, isso está.

O criador da precursora de Facebook, Twitter, Instagram e Tik Tok, o engenheiro de software turco Orkut Büyükkökten, reativou o link de acesso para a antiga plataforma e postou um texto comentando sobre o retorno (confira na íntegra abaixo).

Internautas começaram a especular sobre uma possível volta da rede social. Muitos também relembraram características icônicas da plataforma.

E ainda quem suspeitou de “teorias da conspiração”, já que a reativação do site foi feita dois dias depois que Elon Musk fechou um acordo para comprar o Twitter por US$ 44 bilhões.

 

“Acredito que o orkut.com encontrou sua comunidade porque reuniu tantas vozes diversas de todo o mundo em um só lugar. Trabalhamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde o ódio e a desinformação não fossem tolerados. Nos dedicamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde você pudesse conhecer pessoas reais que compartilhavam seus mesmos interesses, não apenas pessoas que curtiram e comentaram em suas fotos”, destaca um trecho.

 

URL do Orkut fica ativa e com mensagem de que vai voltar (Foto: orkut.com)
URL do Orkut fica ativa e com mensagem de que vai voltar (Foto: orkut.com)

 

 

“O mundo precisa de gentileza agora mais do que nunca. Há tanto ódio online nos dias de hoje, e nossas opções para encontrar e construir conexões reais são poucas e bem escassas”, completa.

O texto finaliza dizendo que “acredito no poder da conexão para mudar o mundo. Acredito que o mundo é um lugar melhor quando nos conhecemos um pouco mais. É por isso que criei a primeira rede social do mundo quando era estudante de pós-graduação em Stanford. É por isso que eu trouxe o orkut.com para tantos de vocês ao redor do mundo. E é por isso que estou construindo algo novo. Vejo você em breve!”

Enquanto a rede não volta a ficar on, a temporada para “projetar” comunidades está aberta. “É verdade esse bilete”.

 

 


Hello!

Sou o Orkut. 17 anos atrás eu criei uma pequena rede social enquanto eu trabalhava no Google como engenheiro de software. Em apenas alguns anos, essa rede social se tornou o orkut.com com mais de 300 milhões de usuários.

Acredito que o orkut.com encontrou sua comunidade porque reuniu tantas vozes diversas de todo o mundo em um só lugar. Trabalhamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde o ódio e a desinformação não fossem tolerados. Nos dedicamos muito para tornar o orkut.com uma comunidade onde você pudesse conhecer pessoas reais que compartilhavam seus mesmos interesses, não apenas pessoas que curtiram e comentaram em suas fotos.

O mundo precisa de gentileza agora mais do que nunca. Há tanto ódio online nos dias de hoje, e nossas opções para encontrar e construir conexões reais são poucas e bem escassas. Sempre acreditei que uma amizade é mais do que um pedido de amizade, e dediquei minha vida para ajudar milhões de vocês a construir conexões autênticas com seus vizinhos, familiares, funcionários e os belos estranhos que entram em suas vidas.

Nossas ferramentas online devem nos servir, não nos dividir. Elas devem proteger nossos dados, não vendê-los. Elas devem nos dar esperança, não medo e ansiedade. A melhor rede social é aquela que enriquece sua vida, mas não a manipula. Eu quero que você seja capaz de ser o seu verdadeiro eu, online e offline. Eu quero que você seja capaz de fazer conexões duradouras. Eu quero ajudá-lo a fazer isso com todo o meu coração.

Eu sou uma pessoa otimista. Acredito no poder da conexão para mudar o mundo. Acredito que o mundo é um lugar melhor quando nos conhecemos um pouco mais. É por isso que criei a primeira rede social do mundo quando era estudante de pós-graduação em Stanford. É por isso que eu trouxe o orkut.com para tantos de vocês ao redor do mundo. E é por isso que estou construindo algo novo. Vejo você em breve!

Os comentários estão desativados.