Região:

min

max

Anuncie aqui

Ator Milton Gonçalves morre aos 88 anos no Rio de Janeiro

O ator morreu em casa por volta de 12h30 desta segunda, segundo a família, por consequências de problemas de saúde decorrentes de um AVC sofrido em 2020

Por Redação
(Atualizado em 30/05/2022 - 16h31)
Compartilhar

O ator Milton Gonçalves morreu nesta segunda-feira (30), aos 88 anos no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela família para a Globo.

Milton, que também era diretor, morreu em casa por volta de 12h30, segundo a família, por consequências de problemas de saúde decorrentes de um AVC sofrido em 2020.

Na época, ele ficou três meses internado e precisou de aparelhos para respirar.

Nas redes sociais, amigos e fãs publicarem mensagens em homenagem ao ator.

Trajetória

Milton Gonçalves nasceu em 9 de dezembro de 1933, em Minas Gerais, foi um ator, diretor, cantor, dublador e produtor brasileiro. Era casado com Oda Gonçalves desde 1966, com quem tem três filhos, incluindo o ator Maurício Gonçalves.

Ele foi contratado pela Globo em 1965. Teve longa trajetória como ator e diretor, sendo conhecido por personagens icônicos da televisão brasileira, como o Zelão das Asas, de O Bem-Amado (1973), e o médico Percival, de Pecado Capital (1975).

Na emissora da Globo, Milton fez mais de 40 novelas, atuou em programas humorísticos e minisséries. Também dirigiu sucessos, como as primeiras versões de Irmãos Coragem (1970) e A Grande Família (1972), Escrava Isaura (1976), além de séries como Carga Pesada (1979) e Caso Verdade (1982-1986). O ator foi o primeiro brasileiro a apresentar um prêmio no Emmy internacional. Na cerimônia de 2006, esteve ao lado da atriz americana Susan Sarandon para anunciar o vencedor de Melhor Programa Infantojuvenil.