Região:

min

max

Anuncie aqui

Quase 600 pinguins aparecem mortos após ciclone extratropical

De terça até sexta-feira (12), foram encontrados 622 animais marinhos à beira da praia em SC, sendo apenas 24 sobreviventes

Por Redação
(Atualizado em 13/08/2022 - 12h51)
Compartilhar

A passagem de um ciclone extratropical em Santa Catarina causou a morte de 596 pinguins no litoral do estado desde terça-feira (9), de acordo com o Projeto de Monitoramento de Praia da Bacia de Santos (PMP-BS), órgão especializado no atendimento veterinário a animais marinhos.

De acordo com especialistas, os pinguins têm mais dificuldade de fugir das ondas fortes porque, ao contrário de outras aves, não conseguem voar. Por respirar fora da água, eles acabam se afogando com o mar revolto. O vento forte do oceano em direção à praia faz com que esses animais apareçam com mais frequência também.

De terça até sexta-feira (12), foram encontrados 622 animais marinhos à beira da praia, sendo apenas 24 sobreviventes. Além dos pinguins, gaivotas, fragatas e tartarugas também foram espécies afetadas. A maior parte foi encontrada na ilha de Santa Catarina.

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), órgão que monitora as condições climáticas do estado, o ciclone causou rajadas de vento de mais de 100 km/h em algumas regiões catarinenses na quarta-feira (11).