Região:

min

max

Anuncie aqui

Espetáculo no céu: saiba como observar a chuva de meteoros Perseidas

Fenômeno vai atingir o pico nesta sexta-feira (12) e sábado (13), depois da meia-noite, mas a lua cheia pode atrapalhar a visibilidade

Por Redação
(Atualizado em 10/08/2022 - 6h41)
Compartilhar

Essa semana tem espetáculo no céu! Ou talvez nem tanto… segundo a Nasa. A chuva de meteoros Perseidas está de volta e vai atingir o pico nesta sexta-feira (12) e sábado (13), depois da meia-noite.

Normalmente, o fenômeno traz uma das mais vívidas chuvas de meteoros anuais visíveis no céu noturno da Terra, produzindo de 50 a 100 “estrelas cadentes” por hora, no seu auge.

Apesar disso, neste ano, a Nasa informou que a chuva vai ter que enfrentar o brilho da lua cheia, o que pode atrapalhar a visibilidade do fenômeno.

De acordo com os astrônomos da Nasa, a lua cheia vai permitir apenas a observação de dez a vinte meteoros por hora, na melhor das hipóteses. Isso porque a lua é muito mais brilhante que qualquer outra coisa no céu noturno, e vai apagar tudo, exceto os meteoros mais brilhantes.

Perseidas

A chuva de meteoros Perseidas é formada por detritos do cometa Swift-Tuttle, uma “bola de neve” pesada composta de gelo, rocha e poeira que orbita o sol a cada 133 anos.

Segundo a Nasa, o cometa foi visível pela última vez na Terra em 1992 e não passará novamente até 2.125. Já a chuva dos detritos é anual e, neste ano, vai terminar completamente no início de setembro.

Como observar

Os meteoros Perseidas podem ser apreciados a olho nu de todo o mundo, mas especialmente no Hemisfério Norte.

Segundo os astrônomos, o melhor horário para observar o fenômeno é quando o céu estiver completamente escuro.

A dica é escolher um local com uma visão ampla do céu limpo e olhar para a constelação Perseu. Alguns aplicativos de celulares podem ajudar nessa tarefa.

Os comentários estão desativados.