Região:

min

max

Anuncie aqui

Fim do direito ao aborto nos EUA: manifestantes protestam após decisão

Ex-presidente Barack Obama e a esposa, Michele, condenaram decisão

Por Redação
(Atualizado em 24/06/2022 - 14h49)
Compartilhar

Centenas de manifestantes se concentraram em frente à Suprema Corte dos Estados Unidos na tarde desta sexta-feira (24) para protestar contra a decisão que derrubou o direito ao aborto.

A decisão da Suprema Corte anulou a lei Roe versus Wade, que garantia o direito constitucional ao aborto a nível federal, em vigor há quase 50 anos. No entendimento dos magistrados, a prerrogativa de decidir sobre a legislação deve ser dos Estados, o que levará a proibições totais do procedimento em cerca de metade dos Estados americanos.

Repercussão

O ex-presidente Barack Obama criticou a decisão:

“Hoje, a Suprema Corte não apenas reverteu quase 50 anos de precedente histórico, mas relegou a decisão mais intensamente pessoal que alguém pode tomar aos caprichos de políticos e ideólogos, atacando as liberdades fundamentais de milhões de americanos”, postou no Twitter.

A ex-primeira-dama Michele Obama também se manifestou nas redes sociais:

“Estou de coração partido pelas pessoas deste país que perderam o direito fundamental de tomar decisões a respeito de seus próprios corpos.”