Região:

min

max

Anuncie aqui

Menino sofre queimadura química causada por tatuagem de henna

Caden de 10 anos estava com a mãe de férias, quando fez o desenho de um dragão no braço

Por Redação
(Atualizado em 22/06/2022 - 13h05)
Compartilhar

O britânico Caden Humphries, de 10 anos, estava de férias na Turquia com sua mãe Lynn e um grupo de amigos, quando fez uma tatuagem de henna de dragão no braço. O que não estava previsto é que ele teria uma reação alérgica depois de 12 dias, que levaria à queimadura no local.

A tatuagem temporária começou a irritar a pele de Caden. A mãe chegou a usar removedor de maquiagem para retirar a tinta da tatuagem, esperando que o problema tivesse sido corrigido.

Infelizmente, os problemas de Caden estavam apenas começando. O estudante teve uma reação alérgica, que infeccionou e causou ferimentos na pele, além de provocar bolhas.

“Achamos que estava tudo bem e que saímos com apenas uma marca leve, mas depois começou a piorar”, lembra a mãe ao portal Metro.

O menino precisou de atendimento médico e recebeu medicações específicas. Ele se recuperou totalmente, mas ficou com uma cicatriz.

Faltando apenas algumas semanas para o início das férias escolares, Lynne – que trabalha como processadora de dados – agora espera aumentar a conscientização sobre as reações graves que a arte corporal temporária pode causar.

“Se soubesse o que eu sei agora, eu não teria dado a ele a chance de fazer isso. Eu só queria ter certeza de que as outras crianças realmente não o tivessem”, disse ao portal Tyla.