Região:

min

max

Anuncie aqui

PL lança candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência da República

General Walter Braga Netto, que se filiou ao PL em março deste ano, será o candidato a vice na chapa

Por Redação
(Atualizado em 25/07/2022 - 17h44)
Compartilhar

O presidente Jair Bolsonaro (RJ) foi anunciado oficialmente pelo Partido Liberal (PL) como candidato à reeleição à Presidência da República. O general Walter Braga Netto, que se filiou ao PL em março deste ano, será o candidato a vice na chapa.

A convenção do PL foi realizada na manhã deste domingo (24), no Maracanãzinho, na zona norte do Rio de Janeiro. Após o anúncio da candidatura, Bolsonaro subiu ao palco, ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Na mais recente pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto Datafolha, o presidente aparece em segundo lugar, com 28%, atrás do rival Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 47%.

Por conta de uma suposta tentativa de sabotagem à convenção, o PL decidiu liberar a entrada dos apoiadores sem ingresso até a lotação máxima do local. Tanto a decoração do ginásio quanto o público exibiam as cores verde e amarelo, além de bandeiras do Brasil.

Perfil

Jair Messias Bolsonaro nasceu em Campinas, em São Paulo, e iniciou sua carreira militar em 1973. Depois, mudou-se para o Rio de Janeiro, em razão do curso da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende.

Em 1986, Bolsonaro publicou um artigo na revista Veja, no qual reclamou dos salários dos militares. No ano seguinte, a mesma revista divulgou uma reportagem na qual afirmava que Bolsonaro e um colega tinham planos de explodir bombas em instalações militares para criar pressão por reajustes de salários. Ao julgar o caso, em 1988, o Superior Tribunal Militar absolveu Bolsonaro.

No mesmo ano, ele decidiu entrar para a política e foi eleito vereador da cidade do Rio de Janeiro. Com isso, o Exército o transferiu para a reserva. Anos depois, foi convertido a capitão reformado.

Como deputado federal, Bolsonaro cumpriu sete mandatos. Em 2018, foi eleito presidente, no segundo turno, com quase 57,8 milhões de votos (55,13% do total).

Três filhos dos cinco filhos de Bolsonaro seguiram a carreira política: Carlos, vereador no Rio de Janeiro; Flávio, senador pelo Rio; e Eduardo, deputado federal por São Paulo com a maior votação do país, em 2018.