Região:

min

max

Anuncie aqui

Uso de máscara em transporte público deixa de ser obrigatório em SP

Utilização de máscaras permanecerá obrigatória apenas para hospitais, laboratórios e postos de saúde

Por Redação
(Atualizado em 08/09/2022 - 19h05)
Compartilhar

O uso de máscara de proteção no transporte público deixa de ser obrigatório no estado de São Paulo a partir desta sexta-feira (9). A decisão foi anunciada pelo Governo e a Prefeitura de São Paulo nesta tarde.

Dessa forma, a utilização de máscaras pelos passageiros de ônibus, trem e metrô passa a ser facultativa. Apesar da decisão, o uso da máscara de proteção continua sendo recomendado para proteção pessoal, principalmente para os grupos mais vulneráveis como idosos e pessoas imunossuprimidas.

A decisão não se altera para locais de prestação de serviços à saúde, como hospitais, onde a máscara continua sendo obrigatória.

Mudança na decisão

A alteração vem após cobertura vacinal, queda de internações e redução do número da média móvel de mortes.

A decisão, segundo comunicado oficial dos dois órgãos, se deu após recomendação do parecer do Conselho Gestor da Secretaria de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde de São Paulo (SCPDS) – antigo Centro de Contingência do Coronavírus.

Segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde, houve queda de mais de 90% nas internações e mortes por Covid no estado de São Paulo neste ano. O total de pacientes com a doença internados em Unidades de Terapia Intensiva passou de 4.091 em 3 de fevereiro para 363 agora em setembro. A média móvel de mortes também recuou de 288 óbitos em 9 de fevereiro para 27, no mesmo período.

Os comentários estão desativados.