Região:

min

max

Anuncie aqui

Serasa faz mutirão com empresas para oferecer negociação de dívidas

Durante todo o mês de agosto, a ação oferecerá parcelamento para milhões de brasileiros pagarem as suas contas atrasadas

Por Redação
(Atualizado em 04/08/2022 - 21h44)
Compartilhar

A Serasa se uniu com algumas empresas para fazer um mutirão e oferecer negociação de dívidas com parcelamento sem juros. Durante todo o mês de agosto, a ação oferecerá parcelamento para milhões de brasileiros pagarem as suas contas atrasadas.
No período, serão disponibilizadas mais de 48 milhões de débitos para renegociação em até 36 vezes sem juros. Os tradicionais descontos de até 90%, sempre oferecidos pela plataforma, também estão mantidos.
A ação surgiu depois de a Serasa realizar uma pesquisa que ouviu 2.645 endividados de todo o país. O levantamento mostrou que descontos e parcelamentos sem juros são os maiores motivadores para o consumidor quitar suas dívidas.
Empresas participantes

  • Claro; Ativos; Atlântico; Banco BMG; Banco Digio; Banco Digio; Banco Inter; Banco Losango; Banco Neon; Boticário; Bradescard; Bradesco; Bradesco Financiamentos; BTG +; Carrefour; Crediativos; Credsystem; Digio; DmCard; Eudora; FortBrasil; Grupo Tracker; Havan; Hoepers; Intacto; Ipanema; Itapeva; Itaú; MGW Ativos; Money Plus; Multi Crédito; Nalin; Net; Nextel; Recovery; Renner; Riachuelo; Santander; Sascar; Sicoob; Sorocred; Uze; Via Varejo; VoxCred e Zema.

    Mapa da Inadimplência

O Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa Experian mostra que o crescimento da inadimplência no Brasil desacelerou em junho, com aumento de 200 mil novos inadimplentes no mês frente à média de 400 mil registrada nos meses anteriores. Apesar da desaceleração, o indicador de inadimplência ainda é alto, com 66,8 milhões de brasileiros com o nome restrito.
Em relação aos tipos de dívidas, o segmento de bancos e cartões permanece com a maior parte das contas atrasadas (27,8%), seguido de Utilities, contas básicas como água, gás e luz, (22,6%).
Financeiras e Varejo vêm em seguida com, respectivamente 13,2% e 12,5% dos inadimplentes. Serviços (10,5%), Telefonia (7%) e Securitizadoras (2,2%) terminam o ranking de dívidas por setor.
A Serasa reforça que as ofertas disponíveis na ação não aplicam juros sobre o acordo de parcelamento, mas podem conter juros relativos ao atraso de pagamento.
Disponível nos canais digitais, a ação também pode ser negociada presencialmente nas mais de 6 mil agências dos Correios distribuídas pelo país que oferecem as condições e os descontos especiais da campanha mediante o pagamento de uma taxa de R$3,60.